Card image
Competições
Comissários mantêm punição contra Vettel no Canadá

1 Minuto de leitura

  • Publicado: 21/06/2019
  • Atualizado: 21/06/2019 às 14:15
  • Por: Leonardo Marson

Os comissários desportivos do Grande Prêmio do Canadá de Fórmula 1 decidiram por manter a punição aplicada a Sebastian Vettel, e mantiveram nesta sexta-feira (21), na França, o resultado da prova realizada há 15 dias, que terminou com vitória de Lewis Hamilton após o piloto da Ferrari ter um acréscimo de cinco segundos ao seu tempo final de prova por escapar da pista e “voltar de forma insegura” ao traçado. O resultado não pode mais ser alterado.

Lance na 48º volta tirou a vitória de Vettel no Canadá. (Foto: Ferrari)

Na 48ª volta do GP do Canadá, Vettel perdeu o controle de sua Ferrari e escapou para a grama entre as curvas três e quatro, retornando à pista à frente de Hamilton. A direção de prova entendeu que o alemão poderia ter provocado um acidente, e puniu o tetracampeão em cinco segundos. Como o piloto da Mercedes manteve uma distância inferior a este tempo, acabou com a vitória.

Em um primeiro momento, a Ferrari optou por não recorrer da punição aplicada pelos comissários. Apesar disso, o time de Maranello pediu a revisão do resultado, apresentando novas evidências sobre o incidente para convencer os comissários de que Vettel não cometeu irregularidade. Emanuele Pirro, Gerd Ennser, Mathieu Remmerie e Mike Kaerne optaram, porém, por manter a decisão tomada ainda em Montreal.

LEIA MAIS:
Mercedes domina, e Bottas lidera TL2 para o GP da França
Hamilton lidera primeiro treino da F1 em Paul Ricard

Com o resultado, Hamilton segue com 162 pontos e cinco vitórias, sendo seguido por Valtteri Bottas, segundo colocado com 133 pontos e duas vitórias. Vettel é o terceiro na tabela de classificação, com 100 pontos.