Card image
Competições
Mercedes domina, e Bottas lidera TL2 para o GP da França

3 Minutos de leitura

  • Publicado: 21/06/2019
  • Atualizado: 21/06/2019 às 11:33
  • Por: Leonardo Marson

Valtteri Bottas foi o piloto mais rápido do segundo treino livre para o Grande Prêmio da França, oitava etapa da temporada da Fórmula 1. Na sessão realizada no final da manhã desta sexta-feira (21) no circuito de Paul Ricard, o finlandês da Mercedes, atual vice-líder do campeonato, anotou na melhor de suas voltas 1min30s937, garantindo a melhor volta do dia em Le Castellet.

Valtteri Bottas
Bottas foi o único a quebrar a barreira de 1min31s em Paul Ricard. (Foto: Mercedes)

A segunda colocação ficou com Lewis Hamilton, mais rápido da primeira sessão do dia, e que acabou 0s424 atrás do tempo obtido por seu companheiro de Mercedes. Charles Leclerc, com a Ferrari, fechou o treinamento com o terceiro melhor tempo, e foi seguido por Sebastian Vettel, quarto com o outro carro do time de Maranello. O grupo dos cinco melhores foi completado por Lando Norris, da McLaren.

Max Verstappen, da Red Bull, fechou a atividade com o sexto melhor tempo, enquanto Carlos Sainz, companheiro de Norris na McLaren, completou a sessão com a sétima melhor marca. Pierre Gasly, com a outra Red Bull, finalizou o treinamento com o oitavo posto, ficando à frente de Kimi Räikkönen, nono com a Alfa Romeo. A lista dos dez primeiros contou ainda com Kevin Magnussen, da Haas.

LEIA MAIS:
Hamilton lidera primeiro treino da F1 em Paul Ricard

Os pilotos da Fórmula 1 voltam à pista de Paul Ricard neste sábado (22), quando acontece o terceiro treino livre, às 7h, e a classificação, marcada para 10h. O Grande Prêmio da França de Fórmula 1 será disputado no domingo (23), com largada marcada para 10h10.

Confira como foi o treino livre em Paul Ricard

A segunda sessão de treinos livres para o Grande Prêmio da França de Fórmula 1 começou pontualmente às 10h, com os pilotos partindo à pista imediatamente. Daniil Kvyat foi o primeiro a registrar volta rápida em Paul Ricard, cravando 1min35s683 em seu giro inicial. Pouco depois, o que se viu foi uma sucessão de melhores voltas no traçado francês.

Kimi Räikkönen colocou a Alfa Roeo na ponta da tabela de tempos, mas acabou superado por Lando Norris, da McLaren. Kevin Magnussen, da Haas, pulou para a liderança, mas acabou superado por Räikkönen novamente. Quando parecia que a festa dos pilotos de equipes pequenas acabaria, Sebastian Vettel, que tinha as melhores duas parciais do treino, acabou atrapalhado por um piloto, abortando a volta.

Com 15 minutos de sessão, Daniel Ricciardo colocou a Renault na frente, mas segundos depois, Norris recuperou a primeira posição com 1min33s243. A partir daí, os pilotos das principais equipes foram para a ponta da classificação. Charles Leclerc passou a pontear a atividade com a Ferrari na frente, mas viu Vettel anotar 1min32s763 usando os pneus médios em seu carro.

Na sequência, a Mercedes mandou seus dois pilotos à pista, e viu Valtteri Bottas e Lewis Hamilton se alternarem na primeira colocação. O finlandês tomou a liderança com 21 minutos de atividade, mas viu o pentacampeão do mundo e líder do campeonato cravar 1min31s361. No final do primeiro terço de atividade, o segundo colocado na tabela de pontos voltou a liderar, com 1min31s110.

Após um hiato de alguns minutos com os pilotos nos boxes, a Mercedes colocou pneus macios no carro de Bottas, que aproveitou para marcar 1min30s937, ampliando sua liderança. Na sequência, Hamilton errou o contorno de uma curva e escapou da pista, sem sofrer grandes consequências em seu carro. No mesmo momento, Max Verstappen escapou da pista.

A atividade chegou aos 40 minutos finais com os pilotos realizando as simulações de corrida. Assim, os tempos deixaram de cair. A direção de prova passou a investigar o lance entre Hamilton e Verstappen na sequência. Na abertura do terço final do treinamento, Nico Hülkenberg perdeu o controle de sua Renault e rodou no segundo setor, deixando o local rapidamente.

A sessão seguiu para seu final com apenas uma mudança no grupo dos cinco primeiros, já que Lando Norris se colocou na quinta posição, derrubando Verstappen para o sexto posto. Melhor para Bottas, que terminou com a liderança do treinamento e do dia.