Card image
MotoE
MotoE: Granado vence corrida encerrada em bandeira vermelha em Assen

2 Minutos de leitura

  • Publicado: 26/06/2022
  • Atualizado: 26/06/2022 às 11:33
  • Por: Leonardo Marson

Eric Granado venceu uma conturbadíssima segunda corrida da terceira etapa da Copa do Mundo de MotoE. O piloto brasileiro tomou a liderança da prova disputada em Assen na terceira volta da prova, que foi encerrada em bandeira vermelha após um forte acidente entre Miquel Pons e Marc Alcoba. Por conta disso, a pontuação é paga pela metade.

Eric Granado
Granado puxa o pelotão em Assen. (Foto: MotoGP)

O lance que encerrou a corrida ocorreu ainda no terceiro giro. Pons batalhava pelas primeiras posições quando se desequilibrou e caiu, sendo atingido nas costas por Alcoba. A direção de prova acionou bandeira amarela localizada, e os pilotos completaram o terceiro giro, mas a necessidade de atendimento médico aos pilotos causou a bandeira vermelha e o encerramento da prova.

Você conhece o canal da RACING no YouTube? Clique e se inscreva!
Siga a RACING também no Instagram! e no Twitter
Acompanhe tudo o que rola no esporte a motor com o Boletim Racing

A segunda posição ficou com Dominique Aegerter, líder do campeonato e que batalhava pelas primeiras posições. Mattia Casadei, que tomou a liderança na largada e foi superado por Granado, ficou com a terceira posição, sendo seguido por Matteo Ferrari, quarto colocado. Nicollo Canepa completou a lista dos cinco primeiros em Assen.

LEIA MAIS:

MotoE: Aegerter bate Granado e Casadei para vencer corrida 1 em Assen
Aegerter supera Granado e conquista pole da MotoE na Holanda

Alex Escrig ficou com a sexta colocação, de acordo com o resultado da terceira volta da prova. Kevin Manfredi terminou com a sétima posição, enquanto Maria Herrera ficou com o oitavo lugar. A nona posição acabou nas mãos de Kevin Zannoni, enquanto Hector Garzó completou o grupo dos dez melhores na corrida realizada na Holanda.

A corrida ainda foi marcada pelo atraso provocado pelas condições climáticas em Assen. A possibilidade de chuva fez com que a direção de prova adiasse a largada não uma, mas duas vezes, fazendo com que a distância original da prova diminuísse de oito para seis giros. No final, com a bandeira vermelha, foram realizadas apenas três voltas.

A próxima etapa da MotoE será disputada apenas no dia 21 de agosto, com a realização da rodada dupla da Áustria, marcada para o Red Bull Ring.

Comentários