Card image
Formula 1
Norris fatura pole position em classificação agitada na Rússia

4 Minutos de leitura

  • Publicado: 25/09/2021
  • Atualizado: 25/09/2021 às 10:17
  • Por: Leonardo Marson

Lando Norris conquistou a pole position para o Grande Prêmio da Rússia, 15ª etapa da temporada 2021 da Fórmula 1. Em uma classificação que começou com pista molhada e só nos instantes finais teve asfalto seco no circuito do Parque Olímpico de Sochi neste sábado (25), o piloto da McLaren acertou uma volta com pneus macios nos instantes finais, cravando 1min41s993 para faturar a posição de honra pela primeira vez na carreira.

Lando Norris
Lando Norris largará da pole position pela primeira vez na carreira. (Foto: McLaren)

A segunda posição no grid ficou com Carlos Sainz, piloto da Ferrari que chegou a se colocar na pole provisória, antes de ser batido em 0s517 por Norris. George Russell, outro que melhorou com os pneus macios, levou a Williams ao terceiro lugar, e dividirá a segunda fila com Lewis Hamilton, que dominou a classificação com os pneus de chuva, mas acabou 2s057 atrás de Norris. Daniel Ricciardo, da McLaren, completa o grupo dos cinco primeiros.

Você conhece o canal da RACING no YouTube? Clique e se inscreva!
Siga a RACING também no Instagram! e no Twitter
Acompanhe tudo o que rola no esporte a motor com o Boletim Racing

Fernando Alonso colocou a Alpine na sexta posição do grid de largada em Sochi, enquanto Valtteri Bottas, da Mercedes, partirá da sétima posição. Lance Stroll colocou a Aston Martin no oitavo lugar. Sergio Pérez, com a Red Bull, ficou somente com a nona posição, enquanto Esteban Ocon, com a outra Alpine, ficou com a décima posição no grid de largada.

LEIA MAIS:

Chuva em Sochi cancela terceiro treino livre para o GP da Rússia
Chuva adia corrida da F2 e coloca em risco programação da F1 na Rússia
Red Bull troca motor e Verstappen larga do fim do grid na Rússia
Bottas puxa 1-2 da Mercedes no TL2 na Rússia. Verstappen fica fora do top-5
Leclerc larga do fim do grid em Sochi após troca de componentes do motor
Bottas lidera TL1 na Rússia, e Hamilton fica à frente de Verstappen

Três pilotos largarão das últimas posições por trocas de unidades de força. Nicholas Latifi e Charles Leclerc ainda avançaram para o Q2, e depois não fizeram tempo, com o piloto da Williams ficando à frente do monegasco da Ferrari. Já Max Verstappen fez apenas uma volta no Q1 com a Red Bull, sem tentar avançar de fase.

O Grande Prêmio da Rússia de Fórmula 1 será disputado neste domingo (26), a partir das 9h, com transmissão da Band e da rádio BandNews FM.

Confira como foi a classificação

Q1
A classificação em Sochi começou com pista molhada, mas sem chuva. A temperatura apontava 14°C no balneário russo, enquanto a temperatura da pista estava em 16°C. O primeiro a registrar tempo foi Pierre Gasly, que marcou 1min51s519 com a AlphaTauri. As marcas, então, começaram a despencar, com Charles Leclerc e Lando Norris avançando para a ponta.

Gasly voltou para a liderança da sessão, agora com 1min49s218, enquanto Max Verstappen deu apenas uma volta para verificar se não havia problemas com o carro da Red Bull após a troca da unidade de força. Com sete minutos de atividade, foi a vez de Antonio Giovinazzi rodar com a Alfa Romeo na curva 16, retornando ao traçado sem problemas.

Valtteri Bottas tomou a liderança da atividade, mas logo foi superado por Lewis Hamilton, que cravou 1min46s937. Leclerc, por sua vez, mesmo com a punição por troca de unidade de força, seguia na pista e avançou para o terceiro lugar. Com cinco minutos para o final da sessão, foi a vez de Sergio Pérez tomar a liderança, cravando 1min46s455.

A sessão se encaminhou para o final com Bottas tomando a liderança, mas sendo superado no minuto final por Hamilton, com 1min45s992. Bottas foi o segundo, seguido por Pérez. Os eliminados foram Kimi Räikkönen, Mick Schumacher, Antonio Giovinazzi, Nikita Mazepin e Max Verstappen.

Q2
A segunda rodada da classificação começou com os pilotos da AlphaTauri, além de Esteban Ocon e George Russell, indo à pista imediatamente. O francês tomou a liderança em sua primeira volta, cravando 1min46s671. Pouco depois, Lance Stroll colocou a Aston Martin na segunda posição. Norris, por sua vez, tomou a liderança com 1min46s254, mas foi batido por Hamilton, que anotou 1min46s096.

Bottas escapou da pista quando restavam nove minutos, mas tomou a frente da classificação ao marcar 1min45s506. Pouco tempo depois, Hamilton voltou à ponta da tabela de tempos, agora com 1min45s406. Norris seguia em terceiro, enquanto Stroll e Alonso completavam a lista dos cinco primeiros no circuito do Parque Olímpico de Sochi.

Charles Leclerc optou por não registrar voltas no Q2, já que também largará do final do grid, o que também ocorreu com Latifi, que viu a Williams trocar sua unidade de força na manhã deste sábado. A sessão chegou ao final com Hamilton na frente, seguido por Bottas e Alonso. Os eliminados foram Sebastian Vettel, Pierre Gasly, Yuki Tsunoda, Nicholas Latifi e Charles Leclerc.

Q3
A rodada final da classificação começou com os pilotos indo à pista logo que os boxes foram abertos. Bottas foi o primeiro a completar volta, mas acabou superado por Hamilton, que cravou 1min44s050. Stroll avançou ao terceiro lugar pouco depois. Pouco depois, Norris se colocou entre os pilotos da Mercedes, ainda 0s656 atrás do inglês da Mercedes.

Com seis minutos para o final da classificação, Russell retornou aos boxes e colocou pneus macios, sendo o primeiro a andar com compostos slicks na classificação. A atitude do inglês foi seguida por Norris, na McLaren, e Sainz, na Ferrari. Hamilton, por sua vez, bateu entrando nos boxes, e precisou trocar a asa dianteira.

Com dois minutos para o final, todos os pilotos já tinham em seus carros os pneus slicks, mas os tempos subiram muito. A pista só melhorou nos instantes finais, com Sainz tomando a ponta, sendo superado por Norris, que marcou 1min41s993, tomando a liderança. Russell ainda tomou o terceiro lugar, derrubando Hamilton para o quarto lugar.

Comentários