Card image
Super carros
Ferrari abandonada por 40 anos é vendida por R$ 700 mil em leilão

2 Minutos de leitura

  • Publicado: 13/07/2022
  • Atualizado: 13/07/2022 às 9:52
  • Por: Leonardo Marson

Diga a verdade, amigo fã de carros: ter uma Ferrari, seja de modelo novo ou uma mais antiga, na garagem é um sonho. Agora, você investiria R$ 400 mil em uma Ferrari que passou 40 anos abandonada e que está bastante danificada? Pois um comprador fez isso com uma Ferrari 250 GTE, obtida após pagar 110 mil libras em um leilão no Reino Unido.

Ferrari
Eis o estado da Ferrari 250 GTE. (Foto: Brightwells)

O modelo passou nada menos do que quatro décadas fechado em um celeiro localizado no País de Gales. Assim, o tempo e as condições do local fizeram com que o carro ficasse absolutamente detonado. Bancos dianteiros, caixa de câmbio, carburador e cabeçote do motor, um V12 de 3 litros capaz de gerar 240 cv.

Você conhece o canal da RACING no YouTube? Clique e se inscreva!
Siga a RACING também no Instagram! e no Twitter
Acompanhe tudo o que rola no esporte a motor com o Boletim Racing

Ainda assim, o modelo que entrou em produção em 1960, a primeira Ferrari produzida em larga escala para quatro ocupantes, conta com itens originais, como banco traseiro, volante, painel de instrumentos, chassi e bloco de motor. Some-se a isso o fato de o carro não ter sido exatamente um sucesso de vendas e ter se tornado um “doador de peças” com poucos veículos ainda originais, passa a valer um bom dinheiro.

LEIA MAIS:

Ford exibe van de 2.000 cv e que acelera de 0 a 100 km/h em dois segundos
Pagani apresenta Huayra Codalunga, hipercarro de R$ 37 milhões
Motorista bate Bugatti Veyron de Cristiano Ronaldo na Espanha

Com tudo isso, estima-se que com um bom trabalho de restauração, a Ferrari possa chegar ao preço de US$ 400mil (ou o R$ 1,2 milhão). Logo, caso consiga restaurar e vender o modelo, o comprador tem a chance de obter um bom lucro com este modelo.

Comentários