Card image
Notícias
Farrés Guell vence terceira etapa nos UTVs. Contardo lidera

1 Minuto de leitura

  • Publicado: 09/01/2019
  • Atualizado: 10/01/2019 às 8:56
  • Por: Leonardo Marson

Gerard Farrés Guell e Daniel Carreras venceram nesta quarta-feira (9) a terceira especial dos UTVs do Rally Dakar, disputada entre as cidades peruanas de San Juan de Marcona e Arequipa. A dupla espanhola completou os 331 quilômetros cronometrados do estágio em 4h35min58s, vencendo pela primeira vez nesta edição do mais importante rali do planeta.

LEIA MAIS:
Peterhansel vence terceira especial. Al-Attiyah vira líder
De Soultrait vence nas motos. Barreda abandona o Dakar
Ferioli vence etapa dos quads. Cavigliasso mantém liderança
Toyota admite conversas para ter Alonso no Dakar 2020

Os espanhóis foram seguidos por Francisco Contardo e Juan Quintanilla, que terminaram o dia distantes 2min03s do tempo de Farrés Guell e Carreras. Sergei Kariakin e Anton Vlasiuk ficaram com a terceira posição, e foram seguidos por Casey Currie e Rafael Córdoba. Rodrigo Piazzoli e Jorge Díaz completaram o grupo dos cinco melhores.

Reinaldo Varela e Gustavo Gugelmin chegaram a liderar a especial após os dois primeiros waypoints, mas perderam rendimento e acabaram apenas com a sexta colocação, sendo seguidos pelos também brasileiros Marcos Baumgart e Kleber Cincea. Miguel Jordão e Lourival Roldan foram os oitavos, ficando à frente de Cristian Baumgart e Beco Andreotti. Hernán Garcez e Juan Pablo Latrach fecharam o top-10.

Após a realização da terceira especial, Contardo e Quintanilla lideram o Dakar com 10h00min28s acumulados, carregando uma vantagem de 3min24s para Farrés Guell e Carreras. Kariakin e Vlasiuk aparecem em terceiro, e são seguidos por Varela e Gugelmin. Piazzoli e Díaz fecham o grupo dos cinco primeiros. Marcos e Cincea aparecem em sexto, Jordão e Roldan em sétimo, e Cristian e Andreotti em 14º.

A quinta-feira (10) será a primeira parte da etapa maratona, na qual as equipes não podem intervir com nenhum tipo de manutenção nos veículos. De Arequipa, os competidores partem para uma especial de 351 quilômetros, em dia com total de 664 quilômetros, somados os deslocamentos.

Foto: Vinicius Branca/Fotop