Card image
Notícias
Dakar: Peterhansel vence especial. Al-Attiyah vira líder

2 Minutos de leitura

  • Publicado: 09/01/2019
  • Atualizado: 09/01/2019 às 17:20
  • Por: Leonardo Marson

Stéphane Peterhansel venceu na tarde desta quarta-feira (9) a terceira especial do Rally Dakar, disputada entre as cidades de San Juan de Marcona e Arequipa, no Peru. O francês, que corre com um Mini ao lado de David Castera, completou o percurso cronometrado de 331 quilômetros em 3h54min31s, alcançando a marca de 75 vitórias em estágios na história do mais importante rali do planeta.

LEIA MAIS:
Dakar: De Soultrait vence nas motos. Barreda abandona
Toyota admite conversas para ter Alonso no Dakar 2020

A segunda posição ficou com Nasser Al-Attiyah e Matthieu Baumel, que correm com um Toyota e acabaram 3min26s distantes dos vencedores do dia. Jakub Przygonski e Tom Colsoul, com um Mini, fecharam o dia na terceira colocação, logo à frente de Yazeed Al-Rajhi e Timo Gottschalk, quartos colocados também com um Mini. O grupo dos cinco melhores ainda contou com Nani Roma e Alex Haro, outra dupla da Mini.

Cyril Despres e Jean-Paul Cottret fecharam a especial com o sexto melhor tempo, também conduzindo um Mini. Logo na sequência, em sétimo, apareceram Bernhard Ten Brinke e Xavier Panseri, da Toyota. Aron Donzala e Maciej Marton, com outro Toyota, ficaram com a oitava posição, enquanto Martin Prokop e Jan Tomanek, com um Ford, ficaram em nono. O top-10 contou ainda com o Toyota de Benediktas Vanagas e Sebastian Rozwadowski.

O dia não foi dos melhores para Sébastien Loeb, vencedor da segunda especial do Dakar. O piloto da Peugeot foi apenas o 11º colocado, mais de 40 minutos atrás dos vencedores. Giniel de Villiers, que iniciou a quarta-feira como líder do Dakar, viu seu Toyota sofrer um vazamento de óleo, e perdeu terreno. Já Carlos Sainz viu a suspensão dianteira esquerda de seu carro se quebrar ao passar por uma vala, e perdeu mais de três horas.

Após a realização da terceira especial, a liderança do Dakar nos carros pertence a Al-Attiyah e Baumel, que têm 8h34min08s acumulados. A dupla da Toyota é seguida por um esquadrão da Mini: Al-Rajhi e Gottschalk aparecem em segundo, distantes 6min48s, enquanto Peterhansel e Castera são os terceiros. Roma e Haro aparecem em quarto, e Przygonski e Colsoul fecham o grupo dos cinco melhores.

Foto: Red Bull COntent Pool