Card image
MotoGP
Petrucci vê bom desempenho da Ducati em Sepang

1 Minuto de leitura

  • Publicado: 08/02/2019
  • Atualizado: 08/02/2019 às 17:19
  • Por: Leonardo Marson

Danilo Petrucci aprovou o desempenho no último dia de testes da primeira semana de pré-temporada da MotoGP, realizado nesta sexta-feira no circuito de Sepang, na Malásia. O piloto, que neste ano faz a estreia como piloto titular da equipe oficial da Ducati, completou a melhor de suas 32 voltas ao longo do dia em 1min58s239, quebrando o recorde extra-oficial da pista malaia.

LEIA MAIS:
Petrucci comanda último teste da MotoGP na Malásia

Falando após o término das atividades em Sepang, Petrucci disse que partiria para duas voltas rápidas no treino, mas que ficou satisfeito com o tempo obtido logo em sua primeira tentativa. De acordo com o italiano, após esta volta, o trabalho voltou a ser com relação as novas peças da GP19.

“Hoje nós começamos com o pé direito. Eu estava buscando duas voltas ‘de ataque’, mas na primeira tentativa eu fiz com um pneu médio traseiro, e foi suficiente. Quando eu vi o tempo de volta no meu painel, estava realmente feliz. Depois nós voltamos nosso trabalho para alguns novos itens”, disse Petrucci.

Apesar de sair satisfeito com o tempo obtido em Sepang nesta sexta-feira, Petrucci lamentou uma queda sofrida durante a atividade, e justificou a não volta à pista ao trabalho que a equipe teria para colocar o equipamento em ordem, e também por conta de problemas de bolhas nas mãos.

“Infelizmente, eu caí quando estava testando uma nova carenagem por volta do meio dia. Dado ao fato de que eu também tinha algumas bolhas nas mãos, nós decidimos parar um pouco antes do previsto para nos recuperarmos e nos certificarmos de que faremos nosso melhor nos próximos testes no Catar. No geral, foi um teste bem positivo”, completou.

A MotoGP realiza entre os dias 23 e 25 de fevereiro uma segunda rodada de testes de pré-temporada, desta vez no circuito de Losail. A pista recebe no dia 10 de março a etapa de abertura do campeonato deste ano, o Grande Prêmio do Catar.

Foto: Ducati