Card image
Competições
Matheus Leist inicia segunda temporada na Indy em St. Pete

2 Minutos de leitura

  • Publicado: 07/03/2019
  • Atualizado: 27/03/2019 às 9:44
  • Por: Leonardo Marson

Matheus Leist inicia neste domingo (10) sua segunda temporada como piloto da Indy, disputando o Grande Prêmio de São Petersburgo, prova que abre o campeonato deste ano. No circuito montado nas ruas da cidade localizada na Florida, o piloto de 20 anos obteve bom desempenho em 2018: liderou um dos treinos e largou da terceira posição, abandonando a corrida depois de enfrentar problemas no carro.

LEIA MAIS:
Ansioso para abertura da Indy, Kanaan exalta equipe
Veja a programação para o GP de São Petersburgo da Indy
Leist aprova teste em Sebring e mira evolução na Indy
Indy revela nova proteção de cockpit para a Indy 500

Na última semana, Leist participou de mais um teste privado com a AJ Foyt, equipe que defenderá pelo segundo ano consecutivo, no circuito de Sebring, desta vez, usando um setup semelhante ao utilizado em St. Pete no ano passado. O gaúcho revelou que o desempenho foi bom, e espera fazer uma boa estreia na temporada, em uma pista que considera especial.

“São Petersburgo é um lugar especial para mim, eu considero essa pista a ‘minha casa’, devido ao fato de morar na Flórida desde que me mudei para os EUA, isso sem falar que é o meu traçado de rua preferido da Indy. No ano passado, larguei da terceira colocação e liderei um dos treinos livres logo na minha estreia, então sempre será inesquecível”, disse Leist.

“Nesses últimos testes, eu voltei a usar o carro na configuração que tivemos em St. Pete no ano passado e o resultado foi positivo. Esses treinos foram muito bons para realizarmos os últimos ajustes antes da primeira etapa”, seguiu o piloto gaúcho, que terá novamente como companheiro de equipe o veterano Tony Kanaan, repetindo a dupla do ano passado.

Após uma temporada em que esteve próximo do top-10 na maior parte das corridas, sem conseguir alcançá-lo em nenhuma delas, Leist acredita estar melhor preparado para brigar por posições mais a frente do grid. O piloto disse ainda achar que houve muito tempo de pré-temporada – foram praticamente seis meses entre o final do campeonato do ano passado e o início da temporada deste ano, mas que trabalhou muito com o time neste período.

“Estou muito mais preparado do que no ano passado. Sinto que a pré-temporada foi um pouco longa demais e eu senti falta de correr mais frequentemente na pista. Eu e o Tony (Kanaan) temos trabalhado muito nos últimos meses com a AJ Foyt e estamos bastante motivados para o início da temporada. Eu sinto que estou ajudando ainda mais o nosso time do que foi no ano passado, então estou realmente pronto para essa corrida em St. Pete”, completou.

Os treinos para o Grande Prêmio de São Petersburgo da Indy serão abertos nesta sexta-feira (8), enquanto a corrida está marcada para 14h30, pelo horário de Brasília, com transmissão ao vivo da TV Bandeirantes, do canal de TV por assinatura Bandsports e pela internet, através do DAZN.

Foto: IndyCar