Card image
Competições
Leist aprova teste em Sebring e mira evolução na Indy

2 Minutos de leitura

  • Publicado: 28/02/2019
  • Atualizado: 27/03/2019 às 9:44
  • Por: Leonardo Marson

Matheus Leist participou nesta semana de testes com a equipe Foyt no circuito de Sebring, nos Estados Unidos, visando a temporada 2019 da Indy, que tem início no próximo dia 10 de março, com a disputa do Grande Prêmio de São Petersburgo. De acordo com o piloto gaúcho, os trabalhos desenvolvidos no circuito californiano foram dos mais proveitosos.

LEIA MAIS:
Indy revela nova proteção de cockpit para a Indy 500
Rossi supera Herta e lidera último teste da Indy em Austin
Herta mantém 100% e lidera terceiro teste da Indy em Austin
Herta termina terça-feira de testes da Indy com melhor tempo

“A expectativa pela minha segunda temporada na Indy é muito grande. O carro vem melhorando a cada treino e tenho certeza que vamos evoluir em comparação com o ano anterior”, disse Leist, que ressaltou o circuito de Sebring como um dos melhores para a avaliação do carro.

“Nós andamos aqui em Sebring e é uma pista muito boa para fazermos diversos testes. Nela podemos analisar o comportamento do carro em diversas situações diferentes, simulando várias características de corridas que enfrentaremos ao longo do ano”, seguiu o gaúcho, que tem boas recordações do circuito de São Petersburgo, primeira etapa do ano.

“A pista de São Petersburgo me traz boas lembranças porque foi nela em que comecei na Indy e espero conseguir um bom resultado logo no início desse ano. Ainda teremos mais um último dia de testes no começo da semana que vem e daí sim iniciaremos os trabalhos em St. Pete com os treinos livres no dia 8 (sexta-feira)”, seguiu o piloto.

Mesmo considerando o desempenho da Foyt como positivo nos testes de pré-temporada, Leist evita fazer qualquer prognóstico para a primeira etapa do ano. O brasileiro, porém, lembra que o objetivo da equipe é ter bons resultados de forma mais contante em relação ao campeonato do ano passado.

“Ainda não foi possível fazer uma previsão de onde estaremos no grid, mas com certeza nosso objetivo é ser mais consistentes em 2019. Nós tivemos algumas mudanças na equipe, os engenheiros são os mesmos e fizemos um bom trabalho nos primeiros testes”, explicou Leist.

“Meu objetivo maior é conseguir desenvolver um carro melhor junto com o Tony para que possamos conseguir andar um pouco mais na frente. Gostaria muito de andar no top-10 nessa primeira etapa em St Pete”, completou.

Foto: IndyCar