Card image
Competições
Indy: Hunter-Reay garante melhor tempo do TL3 em St. Pete

2 Minutos de leitura

  • Publicado: 09/03/2019
  • Atualizado: 27/03/2019 às 9:44
  • Por: Leonardo Marson

Ryan Hunter-Reay foi o piloto mais rápido do último treino livre para o Grande Prêmio de São Petersburgo, etapa que abre a temporada 2019 da Indy. Na atividade realizada no início da tarde deste sábado (9) no circuito montado nas ruas da cidade localizada na Florida, o piloto da Andretti, que foi o mais veloz da sexta-feira, cravou 1min00s8966, com um carro equipado com motor Honda.

LEIA MAIS:
Hunter-Reay comanda segundo treino da Indy em St. Pete
Rosenqvist lidera primeiro treino da Indy em São Petersburgo
Matheus Leist inicia segunda temporada na Indy em St. Pete
Ansioso para abertura da Indy, Kanaan exalta equipe

A segunda posição ficou com Josef Newgarden, piloto da Penske que, com um carro com motor Chevrolet, ficou 0s0039 atrás de Hunter-Reay. Takuma Sato, com um equipamento da Rahal Letterman Lanigan, anotou o terceiro melhor tempo, sendo seguido pelos outros dois pilotos da Penske, que teve Simon Pagenaud terminando a sessão à frente de Will Power.

Ed Jones, com um carro da Carpenter, anotou o sexto melhor tempo da atividade, terminando à frente dos dois pilotos da Chip Ganassi, que viu Scott Dixon terminar em sétimo, e Felix Rosenqvist em oitavo. Destaque dos testes realizados no Circuito das Américas, Colton Herta colocou a Harding na nona posição, enquanto Marco Andretti, da Andretti-Herta, completou o grupo dos dez primeiros.

Os brasileiros tiveram desempenhos distintos nesta terceira sessão de treinos livres em São Petersburgo. Matheus Leist terminou o treinamento com o 11º tempo, terminando 0s4742 atrás do tempo obtido por Hunter-Reay. Tony Kanaan, companheiro de Leist na AJ Foyt, fechou a atividade com o 20º tempo, aparecendo 0s8567 aquém do melhor tempo da sessão.

A atividade contou ainda com um verdadeiro festival de bandeiras vermelhas. Zach Veach escapou com o carro da Andretti, sendo obrigado a perder cinco minutos da atividade. Ben Hanley, que estreia na categoria com a DragonSpeed, perdeu o controle na curva quatro, paralisando mais uma vez o treinamento. Neste período, Sato foi advertido por excesso de velocidade, e James Hinchcliffe sofreu um drive-through pelo mesmo motivo. Houve tempo ainda para Max Chilton e Ed Jones errarem, encerrando o treino.

Ainda neste sábado, a partir das 16h30, acontece a definição do grid de largada para a primeira corrida da temporada 2019 da Indy. O Grande Prêmio de São Petersburgo será disputado neste domingo (10), a partir das 14h30, e a corrida terá transmissão da TV Band, do Bandsports e do DAZN.

Foto: IndyCar