Card image
Competições
Herta mantém 100% e lidera terceiro teste da Indy em Austin

2 Minutos de leitura

  • Publicado: 13/02/2019
  • Atualizado: 27/03/2019 às 9:44
  • Por: Leonardo Marson

Colton Herta segue dominando os testes de pré-temporada da Indy. O piloto da Harding foi o mais rápido da tumultuada primeira atividade realizada nesta quarta-feira (13) no Circuito das Américas, em Austin, após liderar os dois treinamentos da terça-feira. O americano, que fará sua primeira temporada completa na categoria após disputar apenas o Grande Prêmio de Sonoma no ano passado, completou apenas nove 11 na sessão, mas cravou 1min46s6401 na melhor delas, ponteando a folha de tempos.

LEIA MAIS:
Herta termina terça-feira de testes da Indy com melhor tempo
Herta bate Ericsson e lidera primeiro teste da Indy no COTA
Veja as fotos do primeiro dia de testes da Indy em Austin

As ações de pista foram bastante atrapalhadas por conta do grande número de interrupções que a sessão teve, quatro no total. Jack Harvey escapou na curva 7 no início do treino, provocando a primeira bandeira vermelha. Depois, James Hinchcliffe e Spencer Pigot, em lances separados, saíram da pista na curva 19, provocando nova paralisação. Scott Dixon e Kyle Kaiser também sofreram com os carros e causaram uma bandeira vermelha cada.

A segunda posição na folha de tempos ficou com Alexander Rossi, piloto da Andretti que deu 18 voltas ao longo do treinamento, e acabou com um tempo 0s3731 pior que o de Herta. Simon Pagenaud, com um carro da Penske, foi o terceiro mais rápido e o melhor entre os que utilizam motores Chevrolet, enquanto Scott Dixon, atual campeão e piloto da Chip Ganassi, foi o quarto mais rápido. Josef Newgarden, da Penske, fechou o top-5.

Jack Harvey, com um equipamento da Meyer Shank, fechou o treinamento com o sexto melhor tempo, e foi seguido por Ryan Hunter-Reay, sétimo mais rápido com o equipamento da Andretti. Felix Rosenqvist, piloto da Chip Ganassi, completou a atividade com a oitava colocação, ficando à frente de Sébastien Bourdais, da Dale Coyne. RC Enerson, piloto da Carlin, foi o décimo mais veloz.

Os brasileiros se colocaram na posição intermediária da folha de tempos nesta sessão. Helio Castroneves, que correrá apenas o GP de Indianápolis e a Indy 500, foi o 11º com o carro da Penske, e completou 17 voltas. Matheus Leist apareceu na 15º posição com a Foyt, e deu 26 voltas, número menor apenas que o de Takuma Sato, da RLL, que deu 27 giros e fez o pior tempo entre os 25 pilotos. Tony Kanaan, também da Foyt, foi o 17º e fechou 23 giros.

Ainda nesta tarde acontece o último teste antes do início da temporada da Indy, que acontece entre os dias 8 e 10 de março, com a realização do Grande Prêmio de São Petersburgo, na Florida.

Foto: IndyCar