Card image
Super carros
Primeiros Jaguar I-Pace contarão com recarga renovável da ZEG

1 Minuto de leitura

  • Publicado: 29/05/2019
  • Atualizado: 29/05/2019 às 14:34
  • Por: Leonardo Marson

A Jaguar lançou recentemente no Brasil o I-Pace, seu primeiro veículo movido exclusivamente a eletricidade. Nesta quarta-feira (29), a marca inglesa anunciou que as 250 primeiras unidades comercializadas no Brasil terão garantia de reabastecimento com energia 100% renovável pelos próximos oito anos. A ação é organizada em parceria com a ZEG, que garante que o I-Pace terá garantia de energia de origem totalmente renovável.

Jaguar I-Pace
Jaguar I-Pace foi apresentado no Brasil no início do mês. (Foto: Jaguar)

Para cumprir esta promessa, a ZEG injetará na rede elétrica insumos 100% renováveis, o que são suficientes para as quantidades de carros e tempo supracitados. Serão gerados, por ano, 1,25 Gwh de energia através de fontes solar, hídrica, biogás e de resíduos sólidos. Esta energia contará com a certificação do I-REC, sistema de certificação global de energia renovável.

Os proprietários poderão conferir anualmente os documentos que atestam a origem da energia que os carregam, já que esta energia estará diretamente atrelada ao número de chassi desses modelos. Os investimentos feitos pela ZEG deverão somar cerca de um bilhão de reais nos próximos dois anos, incluindo 380 milhões de reais para projetos de tratamento de lixo urbano.

“Nossos clientes saberão que a energia elétrica que move o seu I-Pace é gerada por um meio 100% limpo, totalmente renovável. E esse é um passo importantíssimo neste início da era elétrica do automóvel”, afirma Divanildo Albuquerque, diretor-geral da Jaguar Land Rover no Brasil. “O I-Pace antecipa para hoje o futuro da Jaguar Land Rover, ao oferecer total eficiência, design, desempenho e zero emissão de poluentes”, complementa o executivo.

Já para o presidente da ZEG, Daniel Rossi, “é preciso convergir a consolidação do carro elétrico com o fomento à geração de energia limpa. O fornecimento é um pontapé inicial para aprimorar o abastecimento elétrico de veículos, assim como a ZEG tem dado outros passos em outros mercados parar a substituição de combustíveis fósseis e garantir o direito de escolha do consumidor por energia limpa”.