Card image
Formula 1
Mercedes acredita que porposing do W13 foi resolvido

2 Minutos de leitura

  • Publicado: 20/06/2022
  • Atualizado: 20/06/2022 às 16:21
  • Por: Ana Oliveira

O resultado do Grande Prêmio do Canadá, realizado no último domingo (19), recarregou as energias da Mercedes. Afinal, Lewis Hamilton conseguiu um terceiro lugar, enquanto George Russell ficou logo atrás, garantindo a quarta posição para a equipe de alemão.

Hamilton conseguiu terceiro lugar no Canadá (Foto: Mercedes)

Toto Wolff acredita que os resultados são reflexos da melhora do porpoising, problema que vem afetando os carros da equipe e que causou dores nas costas dos pilotos. No GP do Azerbaijão, Lewis Hamilton saiu do carro mostrando desconforto após o carro quicar muito nas ruas de Baku.

Você conhece o canal da RACING no YouTube? Clique e se inscreva!
Siga a RACING também no Instagram! e no Twitter
Acompanhe tudo o que rola no esporte a motor com o Boletim Racing

“Acho que de certa forma dissecamos o que definimos como porpoising ou bouncing, acho que está resolvido e resolvemos isso em Barcelona”, explicou Wolff. “A pilotagem dos carros é realmente o que causa os comentários dos pilotos. Os carros são simplesmente muito rígidos. Na zebra é ruim, no solavanco é ruim e eu diria isso agora, dissecando esse problema, que você pode lidar melhor com isso.”

LEIA MAIS:
Sainz afirma que “tentou de tudo” para ultrapassar Verstappen no Canadá
Alonso é punido em cinco segundos e cai para nono no GP do Canadá
Verstappen segura Sainz nas voltas finais e vence GP do Canadá

“Isso é o que os pilotos realmente reclamaram, a rigidez do carro. Isso é algo que precisamos observar: como podemos reduzir o impacto. E, claro, quanto mais suave a pista, melhor. menos vemos esse fenômeno”, completou o chefe da Mercedes.

Atualmente a equipe alemã é a terceira colocada no campeonato de construtores com 188 pontos, diferença de 116 para a Red Bull, primeira colocada. Se os W13 estiverem melhores, Hamilton e Russell possuem chances de diminuir o intervalo e brigar por uma posição mais alta na competição.

Comentários