Card image
Notícias
Liderados por Massa, pilotos jogam bola e ajudam crianças

1 Minuto de leitura

  • Publicado: 20/12/2018
  • Atualizado: 20/12/2018 às 20:06
  • Por: Leonardo Marson

Um dia inteiro de diversão e alegria para crianças. Foi isso que Felipe Massa, piloto da equipe Venturi de Fórmula E, ao lado de outros nomes do esporte a motor brasileiro possibilitaram a dezenas de pequenos que são amparados pelo GRAAC (Grupo de Apoio ao Adolescente e à Criança com Câncer) e pelo CAJEC (Casa José Eduardo Cavichio) com o Futebol V10 dos Pilotos, evento realizado no Centro de Treinamento do São Paulo Futebol Clube nesta quinta-feira (20).

As crianças puderam se divertir assistindo aos jogos entre os pilotos, e também com as atividades recreativas feitas pelo grupo realizadas no CT do Tricolor Paulista. Além disso, os jovens também se deliciaram durante um dia inteiro com lanches oferecidos: hambúrgueres, batata frita e doces.

Os pilotos se dividiram em três times: azul, branco e vermelho. Massa, que jogou na equipe branca, venceu o torneio defendendo um time que ainda contou com Popó Bueno, Thiago Camilo, Denis Navarro, Beto Cavaleiro, além de Filipinho Massa, seu filho de sete anos que fez um gol de pênalti, além de se divertir no futmesa nas dependências do CT do tricolor paulista.

“19º evento que o Vanderlei [Pereira, preparador físico e um dos organizadores do Futebol V10 dos Pilotos] organiza. Sem dúvida, é muito legal vir aqui, ajudar as crianças que tanto precisam, ver o sorriso no rosto deles, comer um churrasquinho com os amigos, com os pilotos. É sempre um prazer participar junto com os pilotos do passado, do presente e do futuro”, disse Massa, após o final do torneio.

Pereira explicou a atividade da V10, e destacou a ação social desenvolvida no Futebol dos Pilotos. “A Academia V10 tem como prioridade cuidar do condicionamento físico dos pilotos. Hoje tivemos a 19ª edição do evento, e novamente juntamos competidores de várias categorias para uma experiência num jogo de futebol, que sempre é muito boa. E, claro, a ação social com as crianças é o que faz o evento ser tão legal há 19 anos”, disse.

Foto: Miguel Costa Jr.