Card image
Notícias
Alonso, Nakajima e Buemi vencem as 1000 Milhas de Sebring

2 Minutos de leitura

  • Publicado: 16/03/2019
  • Atualizado: 16/03/2019 às 2:49
  • Por: Leonardo Marson

Fernando Alonso, Kazuki Nakajima e Sébastien Buemi venceram na madrugada deste sábado (16) as 1000 Milhas de Sebring, sexta etapa da temporada 2018/2019 do Mundial de Endurance. O trio, que correu com o Toyota TS050-Hybrid número 8, liderou a prova toda no circuito localizado na Flórida, e garantiu a terceira vitória na categoria das corridas de longa duração, a primeira desde as 24 Horas de Le Mans do ano passado.

A prova acabou em regime de Safety Car por conta de um acidente com Loïc Duval quando restavam 12 minutos para o encerramento da prova. Pouco antes, uma forte chuva atingiu a região do circuito americano, embaralhando a corrida. Nakajima chegou a rodar com o Toyota, mas não perdeu tempo a ponto de desperdiçar a liderança da corrida.

A segunda posição ficou com o outro trio da Toyota, este formado por Kamui Kobayashi, Mike Conway e José María López. Os três vinham próximos dos líderes até a quinta hora, quando um toque do argentino no Aston Martin de Jonathan Adam acontecer na curva 15. A verificação para checagem dos danos no carro fez o time perder duas voltas, e recuperar apenas uma.

Todos os outros LMP1 sofreram algum tipo de problema. Assim, a terceira posição ficou com o trio formado por Brendon Hartley, Vitaly Petrov e Mikhail Aleshin, que correram com um BR01 Engineering preparado pela SMP Racing, Ainda na parte inicial da prova, houve um estouro de pneu que atrapalhou o time, que se recuperou e chegou ao pódio. O Rebellion R13 de Bruno Senna não completou a prova após Mathias Beche se envolver em um acidente.

Na LMP2, a vitória ficou com Will Stevens, David Heinemeier-Hänsson e Jordan King, que correram com um Oreca preparado pela Jackie Chan DC Racing. Com um Alpine da Signatech, o brasileiro André Negrão, que correu ao lado de Nicolas Lapierre e Pierre Thiriet, foi o segundo colocado, sendo seguido por Pastor Maldonado, Anthony Davidson e Roberto González, da Dragonspeed.

Pela LMGTE-Pro, a vitória ficou com o Porsche 911 RSR de Gianmaria Bruni e Richard Lietz. A segunda posição ficou com Nick Catsburg, Martin Tomczyk e Alexander Sims, que correram com uma BMW M8 GTE. O pódio foi completado por Harry Tincknell, Andy Priaulx e Jonathan Bomarito, com um Ford GT. Daniel Serra terminou em quarto, e Augusto Farfus, em sétimo.

Na LMGTE-Am, a vitória ficou com Christian Ried, Matthew Campbell e Julian Andlauer, que correram com um Porsche 911 RSR. Giancarlo Fisichella, Francesco Castellacci e Thomas Flohr foram os segundos colocados com uma Ferrari 488 GTE, enquanto Jörg Bergmeister, Patrick Lindsey e Egidio Perfetti completaram o pódio com um Porsche 911 RSR.

A próxima etapa do Mundial de Endurance acontece no dia 4 de maio, com a disputa das 6 Horas de Spa, na Bélgica.

Foto: Toyota