Card image
Fórmula E
Wehrlein lamenta abandono em estreia na Fórmula E

1 Minuto de leitura

  • Publicado: 14/01/2019
  • Atualizado: 14/01/2019 às 13:59
  • Por: Leonardo Marson

Pascal Wehrlein lamentou o abandono no ePrix de Marrakesh, segunda etapa da temporada 2018/2019 da Fórmula E, disputada no último sábado (12). O alemão, que fez sua estreia pela Mahindra, sofreu um toque de Lucas di Grassi na primeira curva, e ficou sem condições de continuar na prova. Ao chegar aos boxes, o ex-piloto de Manor e Sauber na Fórmula 1 atirou as luvas para longe e bateu uma porta, admitindo posteriormente sua frustração.

LEIA MAIS:
Bird critica ida de Verstappen à F-E para pagar punição
Verstappen aprova experiência com comissários na Fórmula E
D’Ambrosio vê dupla da BMW barer e vence em Marrakesh
Nelsinho Piquet e Felipe Massa trocam farpas em Marrakesh

“Infelizmente, na largada da corrida, um piloto em particular estava um pouco motivado demais na primeira curva. Foi muito frustrante, mas eu focarei agora na próxima corrida em Santiago, e trabalharei duro para isso”, disse Wehrlein, após a corrida, se dizendo feliz com o ritmo demonstrado na classificação e com a vitória conquistada por Jérôme D’Ambrosio.

“Não foi a corrida de estreia que eu queria, mas estou muito feliz pela equipe ter obtido uma vitória incrível. Esta corrida e a última, na Arábia Saudita, mostraram que a equipe tem capacidade de conseguir bons resultados nesta temporada, e isso é muito positivo. Estou feliz com minha classificação e senti que poderia ter feito uma volta melhor, pois o ritmo estava lá”, completou Wehrlein.

A Fórmula E terá prosseguimento no dia 26 de janeiro, com a disputa do ePrix de Santiago, que será realizado em um circuito montado nas ruas da capital do Chile.

Foto: FIA Formula E