Card image
Competições
Stock Car: Antonio Félix da Costa correrá a etapa de Goiânia

1 Minuto de leitura

  • Publicado: 06/11/2017
  • Atualizado: 26/03/2019 às 17:31
  • Por: Leonardo Marson
Português ocupará a vaga de Betinho Valério em Goiânia. (Foto: divulgação)

O português Antonio Félix da Costa disputará a penúltima etapa da Stock Car, marcada para o dia 19 de novembro no Autódromo Internacional Ayrton Senna, em Goiânia (GO). O piloto, que atualmente defende a Andretti Autosport na Fórmula E, defenderá a Hero Motorsport ocupando o lugar de Betinho Valério, que disputou as primeiras dez etapas do ano.

A equipe anunciou a utilização das últimas duas etapas da temporada deste ano para testar pilotos visando o campeonato do ano que vem. Mesmo Valério poderá seguir no time. Será a terceira vez que Da Costa disputará uma etapa da principal categoria do automobilismo brasileiro, uma vez que esteve presente na Corrida de Duplas em 2015 e 2016, conquistando dois pódios.

“Para mim está claro que a Stock é uma das mais disputadas categorias do mundo. O nível é muito alto. E qualquer piloto quer ser comparado ou testado com grandes competidores. É isso o que vou encontrar em Goiânia. Já conheço a equipe técnica da Hero Motorsport. Então, sei que terei boas condições nessa briga pela vaga em 2018”, disse Da Costa.

O português flertou com uma vaga na Fórmula 1 anos atrás, após realizar testes com a Force India e ser piloto de testes da Red Bull entre 2012 e 2014. Sem espaço na equipe que hoje tem Daniel Ricciardo e Max Verstappen como titulares, Da Costa migrou para o DTM, o Campeonato Alemão de Turismo, e, depois, para a Fórmula E.

“Ficamos felizes em anunciar esse teste com um profissional da qualidade do António Félix da Costa. Mas é certo que ele terá um grande desafio, pois o grid da Stock Car é um dos mais qualificados e difíceis do mundo, como atestam todos os pilotos que já competiram na categoria – inclusive vários estrangeiros. Sabemos que estamos propondo um dos mais difíceis desafios da carreira do António”, disse Newton Machado, da equipe Hero.

Foto: divulgação