Card image
Competições
Fórmula 1 engaveta ideia de mudar sistema de pontuação

1 Minuto de leitura

  • Publicado: 11/10/2018
  • Atualizado: 27/03/2019 às 9:48
  • Por: Leonardo Marson

A Fórmula 1 não terá um novo sistema de pontuação a partir da próxima temporada. Havia a possibilidade de aumentar a zona de pontos, que atualmente vai até o décimo lugar. O grupo de estratégia discutiu ampliar a pontuação até o 20º colocado, atual grid máximo da categoria, com a possibilidade de os 15 primeiros serem premiados e, apesar de manter as conversas neste sentido, para 2019 o sistema seguirá igual.

LEIA MAIS:
Barrichello volta a pilotar carro de F1 em Porto Alegre

De acordo com o site americano Motorsport.com, Charlie Whiting, diretor de provas da FIA, disse que “fosse algo que todos concordassem, nós veríamos a introdução em 2019”. Assim, o sistema de pontuação seguirá o mesmo adotado em 2010, com o vencedor ganhando 25 pontos, enquanto os outros pilotos, até o décimo, serão premiados com 18, 15, 12, 10, 8, 6, 4, 2 e 1 tentos, respectivamente.

Ainda segundo a publicação americana, haverá mudanças no toque de recolher das equipes, que passará de oito para nove horas. Assim, as equipes terão uma hora a menos para trabalhar nos carros durante os treinos da sexta-feira e de sábado. O toque de recolher foi adotado em 2011, com apenas seis horas de duração, e foi uma decisão da FIA para que as equipes reduzissem as horas de trabalho do time.

A próxima etapa da Fórmula 1 será disputada no dia 21 de outubro, com a realização do Grande Prêmio dos Estados Unidos, marcado para o Circuito das Américas, em Austin.

Foto: Mercedes