Card image
Competições
Com recordes, Hamilton fatura pole para o GP da Austrália

3 Minutos de leitura

  • Publicado: 24/03/2018
  • Atualizado: 27/03/2019 às 9:49
  • Por: Leonardo Marson
Hamilton superou Räikkönen por 0s664. (Foto: Getty Images)

Lewis Hamilton conquistou na madrugada deste sábado (24) a pole position para o Grande Prêmio da Austrália, prova que abre a temporada 2018 da Fórmula 1. Na fase final da sessão classificatória realizada no circuito de Albert Park, em Melbourne, o piloto da Mercedes voou em sua última volta rápida, anotando 1min21s164, tempo obtido com os pneus ultramacios e que representa o novo recorde da pista.

LEIA MAIS:
Pista seca no fim, e Vettel lidera último treino na Austrália
Hamilton lidera TL2, e tem sexta-feira perfeita em Melbourne
Hamilton domina primeiro treino em Melbourne

O resultado representa a sétima pole position do tetracampeão do mundo na Austrália, isolando-o como recordista de largadas na primeira posição naquele país. Antes, Hamilton dividia a ponta nesta estatística com Ayrton Senna, que partiu da posição de honra em seis oportunidades, todas elas no circuito de Adelaide, onde a Fórmula 1 não realiza mais corridas.

A segunda colocação no grid ficou com Kimi Räikkönen, piloto da Ferrari que acabou superado em 0s664 por Hamilton. Sebastian Vettel, que liderou o Q2, largará da terceira colocação, dividindo a segunda fila com Max Verstappen. A quinta posição ao final do Q3 ficou com Kevin Magnussen, da Haas, que foi beneficiado pela punição aplicada sobre Daniel Ricciardo, que perdeu três posições.

A Haas ainda completa a terceira fila do grid com Romain Grosjean, que partirá da sexta colocação. Depois de perder o controle do carro e escapar da pista durante o Q2, Nico Hülkenberg se recuperou e colocou a Renault no sétimo posto, e terá ao seu lado na quarta fila o penalizado Ricciardo, com o carro da Red Bull. A nona posição ficou com Carlos Sainz, companheiro de Hülkenberg.

A sessão classificatória foi marcada ainda por um acidente com Valtteri Bottas no início do Q3. O piloto, que reclamou do balanço do carro ao longo da atividade, passou pela grama e estampou a Mercedes número 77 contra o muro de proteção. Desta forma, o finlandês largará apenas da décima colocação, podendo cair alguns postos caso o time da estrela de três pontas tenha que trocar o câmbio ou componentes do motor.

Vista com muita expectativa por conta da troca de unidades de força dos Honda para os Renault, a McLaren viu seus pilotos não conseguirem classificação para o Q3. Fernando Alonso partirá da 11ª colocação, um décimo atrás de Nico Hülkenberg, piloto da Renault que se garantiu para o segmento final da classificação, enquanto Stoffel Vandoorne, companheiro do espanhol, completará a sexta fila do grid.

A decepção da classificatória foi a Toro Rosso. O time, que teve bom desempenho nos testes de pré-temporada no que diz respeito a confiabilidade, viu seus dois pilotos serem eliminados ainda no Q1. Brendon Hartley partirá da 16ª colocação, após ficar 29 milésimos atrás da vaga para a segunda rodada da definição das posições de largada. Já Pierre Gasly errou na última tentativa e largará da 20ª e última colocação.

O Grande Prêmio da Austrália de Fórmula 1 acontece neste domingo (25), a partir das 2h10. Confira o grid de largada:

1º – Lewis Hamilton (ING/Mercedes) 1min21s164
2º – Kimi Räikkönen (FIN/Ferrari) +0s664
3º – Sebastian Vettel (ALE/Ferrari) +0s674
4º – Max Verstappen (HOL/Red Bull-Tag Heuer) +0s715
5º – Kevin Magnussen (DIN/Haas-Ferrari) +2s023
6º – Romain Grosjean (FRA/Haas-Ferrari) +2s175
7º – Nico Hülkenberg (ALE/Renault) +2s368
8º – Daniel Ricciardo (AUS/Red Bull-Tag Heuer) +0s988*
9º – Carlos Sainz (ESP/Renault) +2s413
10º – Valtteri Bottas (FIN/Mercedes) sem tempo

11º – Fernando Alonso (ESP/McLaren-Renault) 1min23s692
12º – Stoffel Vandoorne (BEL/McLaren-Renault) 1min23s853
13º – Sergio Pérez (MEX/Force India-Mercedes) 1min24s005
14º – Lance Stroll (CAN/Williams-Mercedes) 1min24s230
15º – Esteban Ocon (FRA/Force India-Mercedes) 1min24s786

16º – Brendon Hartley (NZL/Toro Rosso-Honda) 1min24s532
17º – Marcus Ericsson (SUE/Sauber-Ferrari) 1min24s556
18º – Charles Leclerc (MON/Sauber-Ferrari) 1min24s636
19º – Sergey Sirotkin (RUS/Williams-Mercedes) 1min24s922
20º – Pierre Gasly (FRA/Toro Rosso-Honda) 1min25s295

*punido com a perda de três posições

Foto: Getty Images