Card image
Capacete de ouro
Brasileiros garantem top-10 em provas no exterior

1 Minuto de leitura

  • Publicado: 23/07/2019
  • Atualizado: 23/07/2019 às 13:15
  • Por: Leonardo Marson

Os brasileiros que atuaram em corridas no exterior neste final de semana obtiveram bons resultados em suas categorias, somando pontos para a edição deste ano do Capacete de Ouro, principal premiação do automobilismo brasileiro. Tony Kanaan, na Indy, e Pietro Fittipaldi, no DTM, obtiveram top-10 nas corridas que disputaram neste final de semana, em Iowa e em Assen, respectivamente.

Tony Kanaan
Tony Kanaan garantiu seu segundo top-10 na atual temporada da Indy. (Foto: IndyCar)

Kanaan, que sofre com um carro sem o melhor ritmo da AJ Foyt, se classificou na 13ª colocação do grid para a Iowa 300, 12ª etapa da Indy, e sobreviveu a uma verdadeira maratona para terminar em décimo no oval de 1.400 metros. A chuva atrasou o início da prova em quase cinco horas, e o baiano entrou no grupo dos dez primeiros apenas na parte final da corrida, vencida por Josef Newgarden. Outro brasileiro na Indy, Matheus Leist foi o 16º.

Pietro Fittipaldi
Pietro Fittipaldi obteve um décimo lugar na segunda corrida da etapa de Assen do DTM. (Foto: Audi)

Fittipaldi, que faz sua primeira temporada no Campeonato Alemão de Turismo, flertou com o top-10 na corrida que abriu o final de semana da categoria em Assen. Depois de largar em quarto, o brasileiro não teve o melhor ritmo na chuva e terminou em 11º. Na prova de domingo, uma ótima largada o colocou em sétimo, e o piloto da Audi chegou a avançar ao quinto lugar, mas perdeu desempenho na metade final da prova, terminando em décimo.

Outros dois brasileiros correram em provas no exterior no último final de semana, mas sem conseguir chegar entre os dez primeiros e, consequentemente, sem pontuar no Capacete de Ouro. Bruno Senna terminou as 4 Horas de Barcelona, prova válida pelo European Le Mans Series, em 13º, enquanto Thomas Erdos foi o 19º geral, e o terceiro na classe LMP3.