Senna vence no Bahrein, e é campeão mundial de endurance

Autor: Leonardo Marson


Bruno Senna foi o responsável por encerrar a prova para a Rebellion. (Foto: divulgação)

Bruno Senna tornou-se neste sábado (18) campeão mundial de Endurance da classe LMP2. O brasileiro, que tem como companheiros na condução do Oreca da Rebellion Racing Nicolas Prost e Julien Canal, venceu as 6 Horas do Bahrein, prova que encerrou o Campeonato Mundial de Endurance, realizada no Circuito Internacional do Bahrein, em Sakhir.

LEIA MAIS:
FIA GT: acidente envolve 12 carros em Macau
Com Tandy e Jani, Porsche fatura a pole no Bahrein

A vitória não veio sem drama. Depois de demonstrar um ritmo consistente ao longo das primeiras cinco horas de corrida, o protótipo apresentou problemas hidráulicos na hora final, quando Senna conduzia o carro. A distância para o Oreca da Jackie Chan caiu, mas não o suficiente para ameaçar a vitória e o título. Assim, Bruno Senna se iguala a Raul Boesel, campeão em 1987.

O trio do Rebellion número 31 terminou a prova na quinta posição geral, superando em 10s696 o Oreca da Jackie Chan DC conduzido por Oliver Jarvis, Ho-Pin Tung e Thomas Laurent. Com o outro protótipo da Rebellion, Nelsinho Piquet, David Heinemeir-Hansson e Mathias Beche terminaram em terceiro, à frente do Alpine de André Negrão, Nicolas Lapierre e Gustavo Menezes.

A vitória geral – e da classe LMP1 – ficou com o Toyota pilotado por Sébastien Buemi, Kazuki Nakajima e Anthony Davidson. O trio se aproveitou de um incidente com o Porsche de Neel Jani, Nick Tandy e André Lotterer, para abrir frente e garantir a quinta vitória do time japonês no ano. Brendon Hartley, Timo Bernhard e Earl Bamber ficaram com o segundo lugar com outro Porsche, seguidos por Jani, Tandy e Lotterer.

Pela classe LMGTE-Pro, a vitória ficou com Sam Bird e Davide Rigon, com a Ferrari 488 GTE da AF Corse. James Calado e Alessandro Pier Guidi acabaram com a segunda posição, e garantiram o título da classe. O pódio na etapa do Bahrein foi completado por Harry Tincknell e Andy Priaulx, com um Ford GT da Chip Ganassi.

Pedro Lamy, Paul Dalla Lana e Mathias Lauda venceram na classe LMGTE-Am, e garantiram o título desta classe com um Aston Martin. Matt Griffin, Mok Weng Sun e Keita Sawa ficaram com o segundo lugar com uma Ferrari 488 GTE, ao passo que Francesco Castelacci, Miguel Molina e Thomas Flohr fecharam a lista dos três melhores com outra Ferrari.

Foto: divulgação


Comentários