Responsive Menu
Generic selectors
Exact matches only
Search in title
Search in content
Search in posts
Search in pages

Categoria exclusiva para mulheres, W Series é apresentada

Autor: Leonardo Marson


Um novo campeonato de automobilismo, voltado exclusivamente para mulheres, será lançado no próximo ano. Trata-se da W Series, torneio que tem como objetivo ajudar novas pilotos que pretendem um dia alcançar categorias de topo no esporte a motor mundial, como a Fórmula 1. Apoiada pelo ex-piloto David Coulthard, a categoria utilizará chassi Tatuus F3.

O campeonato será lançado em maio do ano que vem, e terá a realização de seis etapas pela Europa, com corridas de 30 minutos. É certa a realização de uma prova na Inglaterra e, no futuro, a W Series planeja chegar à Austrália e às Américas. A campeã receberá um prêmio de 500 mil dólares, que poderão ser usados para financiar o próximo passo à Fórmula 1.

Quem competir na W Series não precisará levar patrocínios, mas terá de passar por um teste de habilidade em um processo de seleção. As competidoras serão avaliadas por Dave Ryan, ex-chefe de equipe de Fórmula 1, Adrian Newey, membro do conselho consultivo da nova categoria, além de Coulthard.

“Há muito poucas mulheres competindo em monopostos no momento. A W Series aumentará esse número de forma muito significativa em 2019, liberando poderosamente o potencial de muitas delas”, diz Catherine Bond Muir, CEO da W Series, e admiradora do esporte a motor.

“As pilotos da W Series se tornarão estrelas mundiais, modelos inspiradores para mulheres em todos os lugares e todas as organizações, empresas, patrocinadores e todas as pessoas que ajudarem as vencedoras e campeãs da W Series a alcançarem esses sucessos inovadores poderão celebrar suas conquistas. A W Series é uma inovação inspiradora cuja hora é agora”, completou a dirigente.

Mulheres têm sofrido para alcançar grandes categorias no automobilismo mundial. Neste ano, Pippa Mann não conseguiu se classificar para a Indy 500, enquanto a Fórmula 1 não tem uma piloto desde Giovanna Amatti, que tentou, sem sucesso, se classificar para três GPs na temporada de 2012.

Foto: W Series


Racing Online

Racing Online

error: Conteúdo protegido!