Responsive Menu
Generic selectors
Exact matches only
Search in title
Search in content
Search in posts
Search in pages

Räikkönen soube de não renovação com a Ferrari em Monza

Autor: Leonardo Marson


Depois de assinar contrato de dois anos com a Sauber, Kimi Räikkönen revelou nesta quinta-feira (13), na Marina Bay, local que recebe neste final de semana o Grande Prêmio de Singapura de Fórmula 1, ter sido avisado de que a Ferrari não renovaria seu contrato em Monza, durante o final de semana do GP da Itália. O finlandês foi um dos participantes da coletiva que abriu os trabalhos da categoria na cidade-estado.

LEIA MAIS:
Fórmula 1 exibe conceito para carro da temporada 2021
Com Leclerc e Räikkönen, veja como está o grid da F1 para 2019
Confira a programação para o GP de Singapura de F1
Conheça Charles Leclerc, mais novo piloto da Ferrari

De acordo com o piloto, tão logo soube de que não permaneceria na equipe de Maranello para o ano que vem, começou a conversar com a Sauber, equipe por onde fez sua estreia na Fórmula 1, em 2001. Räikkönen ocupará a vaga de Charles Leclerc, justamente seu substituto na Ferrari.

“Eu sabia, e obviamente conheço pessoas do passado por lá. Basicamente meu desejo começou depois disso. Mas não acho que sempre esteve lá o desejo de retornar. Claro que você nunca sabe aqui o que vai acontecer. Eu não diria que existiam planos há muito tempo de que isso iria acontecer”, disse Räikkönen, que ironizou os jornalistas que pediram mais explicações sobre a ida ao time de Hinwil.

“Por que não [ir para a Sauber]? Porque eu quero. Por que você quer tornar isso mais complicado? Não foi minha decisão [sair da Ferrari], me adapto às decisões dos demais, e este é o resultado”, disse o piloto, que também deu uma resposta atravessada quando perguntado se ainda nutre paixão pelas corridas.

“Não, não estou. Estou aqui apenas por jogos mentais com vocês. Assinei e vou passar dois anos lá para não estar feliz”, completou.

Foto: Ferrari


Racing Online

Racing Online

error: Conteúdo protegido!