Responsive Menu
Generic selectors
Exact matches only
Search in title
Search in content
Search in posts
Search in pages

Líder da F2, Russell é anunciado como titular da Williams

Autor: Leonardo Marson


A Williams anunciou na manhã desta sexta-feira (12) a contratação de George Russell como piloto titular para a temporada 2019 da Fórmula 1. O inglês de 20 anos é ligado à Mercedes, fornecedora de unidades de força do time de Woking, e lidera o atual campeonato da Fórmula 2, onde defende a ART Grand Prix. De acordo com o comunicado emitido pela equipe, o acordo tem duração de vários anos.

LEIA MAIS:
Verstappen revela que Red Bull negou teste com moto da MotoGP
Fórmula 1 engaveta ideia de mudar sistema de pontuação
Barrichello volta a pilotar carro de F1 em Porto Alegre

“É uma grande honra me unir a uma equipe com o prestígio e história como a Williams. A Fórmula 1 foi um grande e longo sonho. Eu assistia as corridas quando era criança, e é surreal que eu agora alinharei no grid, junto com pilotos que eu admirei por anos”, disse Russell, que agradeceu a todos os seus apoiadores e responsáveis por sua chegada a principal categoria do automobilismo mundial.

“Eu gostaria de agradecer Claire [Williams, chefe da equipe] e todos da Williams por sua confiança em tomar esta decisão, bem como Toto [Wolff] e a equipe Mercedes por seu fantástico suporte durante a GP3 e a Fórmula 2. Estou incrivelmente animado para começar a trabalhar logo com todos em Grove e dar meus primeiros passos como piloto de Fórmula 1”, seguiu o piloto.

“Eu não posso esperar por Melbourne, no próximo ano, e por me juntar à Williams no que todos nós acreditamos ser o começo de uma nova jornada emocionante”, completou o piloto, que foi muito elogiado por Claire Williams, chefe da equipe.

“Estou orgulhosa em anunciar que George Russell estará junto da Williams em 2019. Tentamos sempre promover e desenvolver jovens talentos na Williams, e George se encaixa perfeitamente nessa filosofia. Ele já é muito considerado no paddock, e uma carreira que temos visto por algum tempo”, disse Claire, que exaltou algumas qualidades do inglês.

“No tempo que passamos com ele até agora, acreditamos que ele será ótimo para a equipe: seu comprometimento, paixão e dedicação são exatamente o que precisamos para construir um momento positivo em Grove enquanto nos concentramos no futuro. Estamos extremamente animados por dar as boas-vindas para George e trabalhar com ele no futuro”, completou.

A outra vaga da Williams ainda não foi definida, mas a expectativa é de que ela fique com algum piloto russo. O atual titular Sergey Sirotkin é cogitado para permanecer no time, enquanto Artem Markelov, também piloto da Fórmula 2, também tem o nome ligado à vaga. Robert Kubica, atual piloto de testes, e Esteban Ocon, atualmente na Force India, também disputam o cockpit.

Foto: Williams


Racing Online

Racing Online

error: Conteúdo protegido!