Responsive Menu
Generic selectors
Exact matches only
Search in title
Search in content
Search in posts
Search in pages

Pilotos da Indy rebatem críticas de Massa à categoria

Autor: Leonardo Marson


Os pilotos da Indy não gostaram nada das críticas feitas por Felipe Massa com relação a segurança dos carros e da categoria americana. Na segunda-feira (27), usando o Twitter, o atual Presidente da Comissão Mundial de Kart da FIA declarou que o campeonato baseado nos Estados Unidos tem feito pouca coisa para impedir que pilotos se lesionem em acidentes, e citou o ocorrido com Robert Wickens na Pocono 500.

LEIA MAIS:
Felipe Massa critíca segurança da Indy e pede melhorias
Hülkenberg é punido em dez posições por acidente em Spa
Alonso decola em acidente na largada do GP da Bélgica de F1
Robert Wickens sofre acidente grave em Pocono

Graham Rahal, piloto da Rahal Letterman Lanigan, se mostrou um dos mais indignados com os comentários feitos por Massa. “É um pouco mais fácil de fazer as coisas quando seu orçamento é centenas de milhões por ano, e todos os seus chassis são construídos pelas equipes e etc”, iniciou o americano. “A IndyCar está trabalhando duro, o novo windscreen não vai só funcionar (melhor sob a perspectiva que não teremos áreas abertas), mas será esteticamente melhor”, seguiu.

“Também não podemos esquecer o enorme impacto que a IndyCar e os nossos médicos, como o Dr. Trammel, tiveram na F1. Na verdade, da última vez que verifiquei, muitos dos pilotos que se machucam ainda vêm para os EUA para ver o Dr. T! A IndyCar fez muita coisa pela segurança do automobilismo internacional.”, completou Rahal.

Outro piloto que disse não concordar com Massa foi Tony Kanaan. O vice-campeão mundial de Fórmula 1 em 2008 o respondeu dizendo ser sua “opinião pensando na segurança”. Dario Franchitti, ex-piloto da Indy, também rebateu Massa, citando os esforços feitos pela categoria americana.

“Não concordo, Massa. A IndyCar trabalhou muito e continua a fazendo isso. Dito isso, todos os campeonatos precisam continuar em movimento para tornar as corridas mais seguras”, disse Franchitti, que viu Massa respondê-lo citando a quantidade de acidentes graves ocorridos nos últimos anos na Indy.

“Irmão, desculpe dizer, mas o trabalho precisa ser mais duro da IndyCar em melhorias de segurança. Se você ver quantos pilotos se machucaram nos últimos anos… muito poucas mudanças foram feitas para melhorar. Espero que as coisas melhorem no caminho certo para a segurança dos pilotos”, respondeu o brasileiro.

Alexander Rossi, atual vice-líder do campeonato da Indy e piloto de rápida passagem pela Fórmula 1, ironizou Massa. Na opinião do americano, este foi um “caso clássico de uma pessoa falar antes de pensar”.

Foto:


Racing Online

Racing Online

error: Conteúdo protegido!