MotoGP: Suzuki renova contrato com Álex Rins

Autor: Leonardo Marson


Rins seguirá na Suzuki até 2020. (Foto: Suzuki)

Mais uma vaga do grid da MotoGP para 2019 está definida. A Suzuki anunciou na manhã desta quinta-feira (17) a renovação de contrato com Álex Rins por mais duas temporadas. O piloto espanhol, assim, seguirá na equipe baseada na cidade japonesa de Hamamatsu até o final de 2020. O anúncio do acordo foi feito na véspera do início dos treinos para o Grande Prêmio da França, quinta etapa do campeonato deste ano.

LEIA MAIS:
Lorenzo crê em bom resultado no GP da França
Rossi torce por Yamaha competitiva em Le Mans
Dovizioso confia em bom resultado na França
Márquez espera por dificuldades, mas mira pódio na França

“Estou muito feliz com a renovação de contrato. Quando eu ainda estava na Moto2 e estava planejando me mudar para a MotoGP, era sempre o projeto da Suzuki que parecia o mais brilhante e interessante aos meus olhos”, comentou Rins, que chegará a quatro temporadas junto da equipe japonesa.

“Minha estreia no ano passado foi complicada, mas sempre senti o carinho e o apoio da Suzuki e de toda a equipe. Conseguimos reverter a situação por sermos pacientes. Trabalharmos duro e fomos consistentes. Neste ano finalmente conquistamos o primeiro pódio com o terceiro lugar na Argentina. Mas não importa os resultados, bons ou ruins, o clima no box sempre foi positivo”, seguiu o piloto, que exaltou o projeto da Suzuki.

“O projeto que a equipe estabeleceu para mim é fantástico, posso confiar plenamente nas capacidades da companhia e da equipe quando se trata de desenvolvimento e melhoria, e tenho certeza de que podemos continuar buscando grandes resultados”, completou o piloto espanhol.

Após renovar com Rins, a Suzuki passa a procurar um companheiro de equipe ao espanhol. Apesar do bom momento de Andrea Iannone no campeonato, rumores dão conta de que o time japonês corre atrás da contratação de Jorge Lorenzo, atual piloto da Ducati.

Foto: Suzuki


Comentários