Responsive Menu
Generic selectors
Exact matches only
Search in title
Search in content
Search in posts
Search in pages

Dakar retira penalização contra Sainz

Autor: Leonardo Marson


Sem punição, Sainz abre 1h de frente para Peterhansel. (Foto: Red Bull Content Pool)

Os comissários desportivos do Rally Dakar retiraram nesta quarta-feira (17) a punição de dez minutos aplicada a Carlos Sainz por um incidente com Kees Koolen, piloto dos quadriciclos, ocorrido na última segunda-feira. Após recurso da Peugeot, os comissários avaliaram que o espanhol não estava tão rápido quanto o holandês afirmou.

O incidente aconteceu na especial entre La Paz e Uyuni. Koolen perdeu o controle de seu quadriciclo na lama, e acusou Sainz de te-lo tocado, além de não oferecer ajuda. A direção de prova, então, puniu o líder do Dakar em dez minutos. Depois, a Peugeot entrou com recurso e cedeu dados da telemetria do carro de Sainz, que comprovaram que o piloto estava a 50km/h no momento do acidente, reduzindo para 37km/h após o holandês se acidentar. Koolen afirmou que “El Matador” estava a 150km/h.

“É uma questão de bom senso. Estamos felizes por terem decidido cancelar a punição, uma vez que não dispunham de todos os dados para a decisão há dois dias. Eles fizeram uma boa análise”, afirmou Bruno Famin, chefe da Peugeot.

Com a retirada da punição, Sainz passa a ter 1h00min45s de frente para Stéphane Pererhansel, vice-líder da prova. Restam três especiais para o fim do Rally Dakar.

Foto: Red Bull Content Pool