Responsive Menu
Generic selectors
Exact matches only
Search in title
Search in content
Search in posts
Search in pages

Campeões tentam manter hegemonia no Rally dos Sertões

Autor: Leonardo Marson


O Rally dos Sertões terá início neste sábado (18) no Autódromo Internacional Ayrton Senna, em Goiânia (GO), e terá competidores de três das quatro categorias da edição deste ano com os campeões defendendo seus títulos. Jean Azevedo, nas motos, Cristian Baumgart e Beco Andreotti, nos carros, e Bruno Varela e João Arena, nos UTVs, tentaram manter o domínio do ano passado.

LEIA MAIS:
Rally dos Sertões abre 26ª edição neste sábado
Relembre os campeões de toda a história do Rally dos Sertões

Jean Azevedo tentará o título das motos pela oitava vez na carreira, o que o tornará o maior vencedor do Rally dos Sertões de forma isolada – Edu Piano também tem sete títulos, sendo um nos carros e seis nos caminhões. Para isso, o veterano piloto correrá com uma Honda CRF450RX, que foi testada pelo próprio piloto desde o final da última temporada. A marca tentará ainda o quarto título consecutivo na prova.

“Ando com o equipamento desde dezembro do ano passado, então a gente teve bastante desenvolvimento, principalmente na parte do tanque. A gente tem que ter uma autonomia maior, então tivemos que começar a desenvolver um tanque traseiro do zero. Trabalhamos dois meses no desenvolvimento e chegamos a um tanque de carbono de 15 litros. Andei na areia, na pedra, e outros pilotos já andaram. É uma evolução da moto antiga, com muito mais eletrônica. Nossa expectativa é de que ela seja mais uma vez vencedora”, disse Azevedo.

Cristian Baumgart e Beco Andreotti buscarão o tricampeonato nos carros, algo que jamais aconteceu nesta categoria. Para isso, a dupla participará do Sertões deste ano com a Ford Ranger preparada pelos sul-africanos da NMW pelo quarto ano consecutivo, e desta vez usarão a principal prova do País como preparação para o Rally Dakar, a mais importante prova fora de estrada do planeta. A concorrência na prova nacional, porém, será grande de acordo com o piloto.

“Todos os pilotos têm condições de vencer o Rally dos Sertões. Esse ano vai ser diferente dos últimos anos, pois a prova terminará em Fortaleza. Eu acho que os adversários estão bem fortes aqui, como meu irmão [Marcos Baumgart], que tem grandes condições de brigar. O Gareth (Wooldridge), que é da África do Sul, também é muito rápido, e o Sylvio de Barros, que também é rápido e tem experiência no Sertões. Acho que vai ser um ano desafiador nos carros”, comentou Baumgart.

Nos UTVs, o que se espera é uma disputa em família. Bruno Varela terá como rivais na disputa da prova o pai, Reinaldo Varela, atual vencedor do Rally Dakar e estreante nesta classe no Sertões, e os irmãos Gabriel e Rodrigo. O dono do título do ano passado na prova nacional garante que atuará em equipe, mas nega qualquer tipo de favorecimento para algum membro da família.

“Ele [Reinaldo Varela] é pai até a hora da largada. Depois, ele é concorrente, mesmo sendo da família. Não vai ter mole para ninguém tanto para eu, quando para eles. Todos querem vencer o rali, e a gente vai se ajudar no possível, mas como concorrentes. É a primeira vez que chego como campeão. A expectativa é sempre boa, e a gente vem se preparando o ano inteiro para essa prova maravilhosa. O Rally dos Sertões é a prova mais esperada do Brasil”, comentou Bruno.

Neste sábado (18), o Rally dos Sertões terá a realização do prólogo e da Super Largada no autódromo de Goiânia. A primeira especial, que partirá da capital goiana até Formosa, no interior do estado, acontece no domingo, e contará com 315 quilômetros de trecho cronometrado.

Foto: Doni Castilho


Racing Online

Racing Online

error: Conteúdo protegido!