Responsive Menu
Generic selectors
Exact matches only
Search in title
Search in content
Search in posts
Search in pages

Fórmula E

D’Ambrosio vê dupla da BMW bater, e vence em Marrakesh

Autor: Leonardo Marson


Jérôme D’Ambrosio venceu na tarde deste sábado (12) o ePrix de Marrakesh, segunda etapa da temporada 2018/2019 da Fórmula E. O belga da Mahindra retardou o uso do Attack Mode, que faz o carro ganhar potência, viu António Félix da Costa e Alexander Sims, pilotos da BMW Andretti que lideravam a prova, se tocarem quando restavam nove minutos para o final da corrida, superou os dois e seguiu para triunfar pela segunda vez na categoria dos carros elétricos.

LEIA MAIS:
Fórmula E: Dillmann bate em Frinjs nos boxes em Marrakesh
Bird bate Vergne e é pode do ePrix de Marrakesh da Fórmula E
Evans aparece no fim e lidera segundo treino em Marrakesh
Frinjs lidera primeiro treino da Fórmula E em Marrakesh

D’Ambrosio foi eficiente na defesa de posição, sobretudo quando tinha Lucas di Grassi atrás usando o Attack Mode, segurando o brasileiro da Audi Sport. Após passar por Robin Frinjs, o belga passou a descontar uma vantagem de cinco segundos para Sims, que vinha colado em Da Costa, líder desde os 15 minutos de prova, ao passar por Bird. Com o incidente com os dois pilotos da BMW Andretti, que causou o abandono do português, o piloto da Mahindra assumiu a ponta, e se defendeu de Frinjs na volta final para vencer.

A segunda posição terminou nas mãos de Frinjs, que após a relargada depois do Safety Car acionado por conta do acidente entre Da Costa e Sims, pressionou D’Ambrosio na volta final, chegando 0s143 atrás do vencedor. O pódio ainda contou com Sam Bird, companheiro de Frinjs na Virgin, que largou da pole position e seguiu na ponta até o 15º minuto de corrida, quando acabou superado de uma só vez pelos dois carros da BMW Andretti.

Mesmo com o incidente, Sims completou a corrida na quarta posição, sendo seguido por Jean-Eric Vergne, piloto da DS Techeetah que precisou fazer uma corrida de recuperação. O francês tentou um ataque sobre Bird na largada, rodou e caiu para as últimas posições, precisando escalar o pelotão. Andre Lotterer, com outro carro da DS Techeetah, foi o sexto, chegando à frente de Lucas di Grassi, piloto da Audi que subiu para sexto depois da confusão na largada, e chegou a andar em quarto antes de perder desempenho.

Sébastien Buemi fez uma corrida discreta e terminou apenas com a oitava colocação com o equipamento preparado pela Nissan e.Dams, sendo seguido por Mitch Evans, neozelandês da Jaguar que não conseguiu avançar durante a corrida, mesmo após largar da quinta colocação. O grupo dos dez melhores ainda contou com Daniel Abt, piloto da Audi Sports que também largou de trás e se aproveitou da confusão da largada para ganhar posições.

Os outros dois brasileiros do grid não foram bem na prova em Marrakesh. Nelsinho Piquet terminou a corrida na 14ª colocação com a Jaguar, depois de despencar da 11ª para a 19ª posição na largada, uma vez que precisou sair da pista para evitar um acidente. Felipe Massa, por sua vez, até subiu para 11º na largada, mas não teve um bom ritmo com o equipamento da Venturi, e perdeu posições aos poucos, terminando a corrida apenas no 18º lugar.

Após a realização do ePrix de Marrakesh, a liderança da Fórmula E é de Jérôme D’ambrosio, que soma 40 pontos, 12 a mais em relação aos vice-líderes António Félix da Costa e Jean-Eric Vergne, cada um com 28 pontos. Andre Lotterer aparece na quarta colocação com 19 pontos, um a mais em relação a Robin Frinjs e Sam Bird, cada um com 18 pontos. Lucas di Grassi é o nono com nove pontos, Nelsinho Piquet é o 13º, com um tento, e Felipe Massa ainda não pontuou.

A próxima etapa da Fórmula E acontece daqui a duas semanas, com a realização do ePrix de Santiago, prova que acontece no Chile no dia 26 de janeiro.

Foto: Mahindra


Racing Online

Racing Online

error: Conteúdo protegido!