Webber: "Se dividir entre F1 e Le Mans é um erro"

Autor: Leonardo Marson


Alonso pretende correr em Le Mans nesta temporada. (Foto: divulgação)

Dividir a atenção entre a temporada da Fórmula 1 e a disputa das 24 Horas de Le Mans não é algo bom. Quem diz isso é Mark Webber, piloto que disputou a principal categoria do automobilismo mundial antes de vencer a prova de Endurance mais importante do planeta, alertando Fernando Alonso, que pretende correr em La Sarthe neste ano.

LEIA MAIS:
Alonso quer Ligier com mais ritmo em Daytona
Daytona: Nasr diz que equipe mostrou todo o potencial

Segundo o australiano, a Fórmula 1 e uma prova de longa duração têm muitas diferenças, o que torna difícil se alternar entre as duas categorias. Para Webber, dividir as atenções desta forma é um erro.

” É um erro. São duas coisas totalmente diferentes, que te absorvem uma energia mental altíssima. Se você faz a F1, não pode permitir certas distrações”, disse Webber ao site italiano Auto Moto.

“Digo isso após ter passado pela temporada e corrido em Le Mans. Eu, no lugar de Fernando, não faria isso”, seguiu Webber, antes de falar sobre o nível de esforço necessário para se fazer uma 24 horas.

“Ou você escolhe fazer Le Mans como se deve e se concentra nisso, trabalhando nas três semanas anteriores com uma concentração de louco, sem se esquecer disso no resto do ano, ou arrisca ir mal. A Fórmula 1 de hoje é específica de tal forma que não permite espaços”, explicou.

O último piloto a se dividir entre a Fórmula 1 e Le Mans foi Nico Hülkenberg. Em 2015, o alemão defendia a Force India quando foi à prova francesa defender a Porsche, e acabou saindo com a vitória. Para Webber, porém, este não é o mesmo caso de Alonso.

“Era uma equipe de segundo plano na Fórmula 1, que não tinha a mesma pressão, além de que ele estava em Le Mans com uma equipe que estava no topo. Isso simplifica muito as coisas. Mas até mesmo ele estava distraído no fim”, completou.

Foto: divulgação


Comentários