Responsive Menu
Generic selectors
Exact matches only
Search in title
Search in content
Search in posts
Search in pages

Steiner se irrita com pontos perdidos pela Haas

Autor: Leonardo Marson


Gunther Steiner, chefe da Haas, se mostrou irritado com o incidente ocorrido na largada do Grande Prêmio da Inglaterra de Fórmula 1 entre Romain Grosjean e Kevin Magnussen. Os dois se tocaram nos metros iniciais da corrida realizada no último domingo (8) em Silverstone, e perderam muitas posições. No final, com as duas entradas do Safety Car, o dinamarquês ainda se recuperou, terminando em nono, ao passo que o francês se envolveu em um acidente com Carlos Sainz, e abandonou.

LEIA MAIS:
Kubica revela ter tido acordo com a Ferrari em 2012
Fabricantes pedem manutenção de regras para motores em 2021
Líderes da F1 escolhem mesmos pneus para o GP da Alemanha
Hamilton perdoa Räikkönen por acidente em Silverstone

O resultado do incidente fez com que a Renault ampliasse a vantagem para o time de Kannapolis na quarta posição do campeonato. Enquanto a equipe francesa aparece com 70 pontos, os americanos estão com 51 tentos, apenas dois a mais que a Force India, e três acima da McLaren.

“Não estou feliz. Essas coisas podem, mas não devem acontecer. Precisamos ser melhores que isso, essa é a conclusão. Precisamos parar de jogar pontos fora. Estamos frequentemente nos pontos agora, mas os perdemos. Fizemos isso sozinhos. No ano passado precisávamos entrar nos pontos, este ano precisamos parar de sair da zona de pontuação”, comentou Steiner.

“Hoje as equipes atrás de nós diminuíram a diferença e as da frente se distanciaram. É sempre um trabalho difícil, devemos traduzir nosso trabalho duro em pontos. Devemos estar em alta e tentando acertar, mas estamos usando muita energia apenas para sair do buraco”, seguiu o dirigente, que admitiu ainda estar com a paciência no final com Grosjean.

“Eu preciso ser favorável a Grosjean porque queremos ter sucesso como equipe. Não sei onde está o ponto o limite, ainda não estou lá, mas em algum momento precisamos parar de perder pontos. Não podemos continuar fazendo isso, estamos agora na metade da temporada e perdemos muitos pontos por causa de nossos próprios erros e isso não é aceitável”, completou.

Foto: Haas F1