Jean Todt pretende consultar pilotos sobre traçado de Miami

Autor: Leonardo Marson


A Fórmula 1 atualmente visita os EUA apenas uma vez por ano, no Circuito das Américas. (Foto: Pirelli)

A iminente chegada da Fórmula 1 as ruas de Miami faz com que um traçado para a corrida, que deverá acontecer a partir de 2019 em um circuito urbano, tenha que ser escolhido. De acordo com Jean Todt, presidente da Federação Internacional de Automobilismo (FIA), os pilotos da categoria máxima do automobilismo mundial serão consultados antes da definição do desenho da pista.

“Estamos falando de uma corrida que nem existe ainda. Conversas estão em andamento com os donos dos direitos, e depois disso vamos olhar os aspectos de segurança. Os pilotos, então, terão a oportunidade de contribuir com suas ideias”, disse Todt, em entrevista à revista Speed Week.

A afirmação do dirigente máximo do automobilismo mundial se dá após Lewis Hamilton criticar duramente um esboço de desenho de pista para a provável nova corrida da Fórmula 1. O inglês, atual líder do campeonato, se ofereceu para redesenhar o circuito, que pode, na opinião do piloto da Mercedes, se tornar “mais divertido”.

O Liberty Media, grupo proprietário da Fórmula 1, nunca escondeu o desejo da realização de uma segunda corrida nos Estados Unidos. Caso a realização da etapa de Miami seja confirmada, o país da América do Norte terá dois GPs no calendário pela primeira vez desde 1984, quando foram realizadas corridas em Detroit e Dallas.

Com a adição do GP de Miami ao calendário, a tendência é de que a Fórmula 1 tenha em 2019 sua maior temporada da história, com a realização de 22 corridas.

Foto: Pirelli


[fbcomments url="http://racingonline.com.br/formula-1/jean-todt-pretende-consultar-pilotos-sobre-tracado-de-miami/" count="off" num="10" ]