Responsive Menu
Generic selectors
Exact matches only
Search in title
Search in content
Search in posts
Search in pages

Lewis Hamilton

Hamilton lidera TL2 dominado pela Mercedes na Austrália

Autor: Leonardo Marson


Lewis Hamilton foi o piloto mais rápido do segundo treino livre para o Grande Prêmio da Austrália, prova que abre a temporada 2019 da Fórmula 1. Em um dia ensolarado no circuito de Albert Park, em Melbourne, o inglês, que havia sido o mais rápido da primeira sessão do dia, repetiu o bom desempenho no segundo ensaio, cravando 1min22s600 com sua Mercedes equipada com pneus macios. A marca é 1s331 melhor do que a que o pentacampeão obteve no mesmo ensaio no ano passado.

LEIA MAIS:
Hamilton lidera TL1 na Austrália. Ferrari fecha top-3

A Mercedes ainda viu Valtteri Bottas anotar o segundo tempo na atividade, apenas 0s048 atrás de seu companheiro de equipe. Max Verstappen, com a Red Bull, foi o terceiro melhor do exercício, mas com um tempo 0s800 pior em relação ao obtido por Hamilton. Pierre Gasly, com a outra Red Bull, fechou o ensaio em quarto, logo à frente de Sebastian Vettel, quinto com a Ferrari.

Kimi Räikkönen completou uma boa sexta-feira e colocou a Alfa Romeo na sexta colocação, sendo seguido pelos dois pilotos da Renault na tabela de pontos, com Nico Hülkenberg, sétimo colocado, à frente de Daniel Ricciardo, que faz sua estreia pelo time de Enstone neste final de semana. Charles Leclerc, com a Ferrari, foi o nono, enquanto Romain Grosjean, da Haas, fechou o grupo dos dez melhores.

A decepção do treinamento foi a Williams. Os dois pilotos do time de Grove apresentaram desempenhos muito ruins. George Russell foi o 19º, 1s7 mais lento em relação a Lando Norris, 18º da atividade com a McLaren, enquanto Robert Kubica registrou apenas o 20º tempo, quatro segundos distante em relação ao tempo obtido por Hamilton.

As atividades da Fórmula 1 em Melbourne seguem neste sábado (16), com a realização do terceiro treino livre do final de semana, marcado para 0h, pelo horário de Brasília. O Grande Prêmio da Austrália de Fórmula 1 será disputado neste domingo (17), com largada marcada para 3h.

Confira como foi o segundo treino livre na Austrália

O segundo treinamento do dia em Melbourne começou pontualmente às 2h, pelo horário de Brasília, com sol e 21 graus. Tão logo a pista foi liberada, Romain Grosjean partiu à pista com a Haas, e rapidamente registrou a primeira volta rápida da atividade, com 1min25s634, usando os compostos médios no carro. Na sequência, diversos pilotos partiram à pista, com Charles Leclerc colocando a Ferrari na segunda posição.

Pierre Gasly colocou a Red Bull na ponta da folha de tempos após dez minutos de sessão, com 1min25s401, usando pneus médios. Na sequência, Kimi Räikkönen escapou da pista com a Alfa Romeo, mas seguiu com seu trabalho. Sergio Pérez, com a Racing Point, se colocou na segunda posição, dois décimos atrás do melhor tempo da atividade no Albert Park. Kevin Magnussen voltou a colocar a Haas na ponta, com 1min24s409.

Outro que escapou da pista no início da atividade foi Sebastian Vettel, piloto da Ferrari. Aos 19 minutos de sessão, Max Verstappen colocou a Red Bull na ponta novamente, mas logo a Mercedes mostrou força e colocou Lewis Hamilton na ponta, ao marcar 1min23s582, enquanto Valtteri Bottas ficou com a segunda colocação. Verstappen recuperou terreno e avançou ao segundo posto minutos mais tarde.

Hamilton seguiu melhorando, e passou a cravar voltas mais rápidas seguidas, alcançando 1min23s148 no final da primeira meia hora de atividade, seguido mais uma vez por Bottas. Verstappen, Magnussen e Kvyat completavam o grupo dos cinco primeiros após 30 minutos. A Ferrari, por sua vez, seguia com desempenho discreto, com Leclerc em 14º, e Vettel em 17º.

Os pilotos apertaram o passo e colocaram pneus vermelhos a partir da segunda meia hora da atividade. Neste momento, Vettel apareceu bem e marcou o quarto tempo, sendo seguido por um surpreendente Räikkönen. Alexander Albon foi outro que escapou para a grama, mas sem maiores consequências a sua Toro Rosso. Bottas assumiu a primeira colocação ao marcar 1min22s648, também com os compostos macios.

Correndo em casa em sua estreia pela Renault, Daniel Ricciardo avançou para a sétima posição com o R.S.19, ao passo que Hamilton voltou a pontear a sessão, com 1min22s600. A partir de 40 minutos para o encerramento da atividade, os pilotos de todas as equipes optaram por trabalhar nas simulações de corrida, fato que fez os tempos pararem de cair.

Quem não conseguia reagir na atividade eram os dois pilotos da Williams, com desempenhos decepcionantes de George Russell e Robert Kubica. O inglês, que estreia na Fórmula 1 neste final de semana, aparecia 2s7 atrás de Lando Norris, piloto da McLaren com quem brigou pelo título da Fórmula 2 no ano passado. Outro destaque da categoria de acesso ano passado, Albon rodou no terceiro setor.

Restando 15 minutos para o final da sessão, Verstappen avançou para a terceira posição na folha de tempos, mas ainda 0s800 longe de Hamilton. Nos dois minutos finais da atividade, Leclerc rodou no segundo setor, provocando uma bandeira amarela localizada. O ensaio terminou com Hamilton como mais rápido.

Foto: Getty Images


Racing Online

Racing Online

error: Conteúdo protegido!