Com novo carro, número de ultrapassagens despenca na F1

Autor: Leonardo Marson


Daniel Ricciardo foi o piloto que mais conseguiu ultrapassagens no ano, ajudando a Red Bull a se manter como time que mais deixou rivais para trás. (Foto: Red Bull Content Pool)

O número de ultrapassagens na temporada 2017 da Fórmula 1 despencou em relação ao ano passado. A Pirelli, fornecedora de pneus da categoria, divulgou nesta terça-feira (5) os números do campeonato deste ano, o primeiro que contou com a nova geração de carros da categoria, mais rápidos e que possuem mais downforce, o que dificulta as manobras durante as corridas.

Nesta temporada, foram realizadas 435 ultrapassagens em 20 corridas, com uma média de 21,8 manobras por GP. O número é 49,7% menos em relação a 2016, quando 866 manobras de ultrapassagem foram feitas. Naquele ano, houve uma média de 41,2 ultrapassagens por prova.

A corrida com maior número de ultrapassagens em pista seca no ano foi o GP do Azerbaijão, quando existiram 42 manobras, número muito menor em relação ao do GP da China de 2016, quando aconteceram 128 ultrapassagens. A prova com menos superações neste ano foi o GP da Rússia, com apenas uma manobra, ante dez do GP da Hungria do ano passado.

Daniel Ricciardo, por sua vez, foi o piloto que mais conseguiu ultrapassagens neste ano, com 43 manobras. O número, porém, representa pouco mais da metade do obtido por Max Verstappen em 2016, quando o holandês anotou 78 superações. A Red Bull segue sendo o time que mais faz ultrapassagens, deixando 65 rivais para trás. Ano passado, os austríacos fizeram 136 manobras.

Foto: Red Bull Content Pool


Comentários