Responsive Menu
Generic selectors
Exact matches only
Search in title
Search in content
Search in posts
Search in pages

Bottas nega ser segundo piloto de Hamilton

Autor: Leonardo Marson


Valtteri Bottas alega que a Mercedes não o colocou em uma função de segundo piloto na atual temporada da Fórmula 1, mesmo após receber ordem do time da estrela de três pontas para não atacar Lewis Hamilton nas voltas finais do Grande Prêmio da Alemanha, na última semana, após atacar o inglês.

LEIA MAIS:
Pirelli revela pneus para o GP do Brasil de Fórmula 1
McLaren anuncia James Key como diretor-técnico
Hungaroring erra nome de Hamilton em homenagem
Sergio Marchionne morre aos 66 anos

Bottas se viu na segunda colocação em Hockenheim após o abandono de Sebastian Vettel, e optou por atacar Hamilton, que tinha pneus mais desgastados, após a relargada. Após falhar na tentativa de ultrapassagem, a Mercedes ordenou o finlandês a permanecer atrás do companheiro de equipe, que seguiu para a vitória.

Em coletiva realizada em Hungaroring nesta quinta-feira (26), o finlandês garantiu seguir livre para lutar por vitórias. Mais do que isso, não recebeu em momento nenhum orientação para correr pensando em um título de Hamilton, e que espera permanecer assim até o final do ano.

“Eu acredito que nós ainda estamos permitidos a correr livremente. Óbvio que isso vai de cada caso, mas não há plano nenhum no momento para eu passar para um papel de suporte. Então nós ainda estamos em condições iguais, e este é o plano para agora. Espero que isso continue assim até o final do ano”, disse Bottas.

O Grande Prêmio da Hungria de Fórmula 1 acontece neste domingo, a partir das 10h10, pelo horário de Brasília. Antes disso, porém, haverá a realização de dois treinos livres na sexta-feira, e mais um no sábado, dia que contará também com a definição do grid de largada em Hungaroring.

Foto: Getty Images


Racing Online

Racing Online

error: Conteúdo protegido!