Responsive Menu
Generic selectors
Exact matches only
Search in title
Search in content
Search in posts
Search in pages

Bottas culpa falta de aderência por frente da Ferrari

Autor: Leonardo Marson


Bottas foi superado em 0s530 por Vettel. (Foto: Getty Images)

O funcionamento dos pneus. Esta foi a vantagem da Ferrari em relação a Mercedes na classificação realizada na madrugada deste sábado (14) para o Grande Prêmio da China, terceira etapa da temporada da Fórmula 1. A alegação foi feita por Valtteri Bottas, que largará da terceira posição no Circuito Internacional de Xangai neste domingo, após ser batido em mais de meio segundo por Sebastian Vettel.

LEIA MAIS:
Vettel derruba Räikkönen no fim e fatura a pole na China

“Para a gente foi muito simples. Fomos entendendo cada vez mais os pneus, mas não conseguimos encontrar a mesma aderência da Ferrari”, resumiu Bottas, em entrevista realizada na reta dos boxes de Xangai, logo após o encerramento da definição das posições de largada para a corrida deste domingo.

“A Ferrari tem um carro muito forte e você consegue ver isso, especialmente, nas curvas mais longas, na 1 e na 2. Eles são capazes de tirar proveito ali. Obviamente, agora sem essa diferença de velocidade de reta, eles estão melhores, então temos de trabalhar mais”, completou o finlandês.

O Grande Prêmio da China de Fórmula 1 será disputado neste domingo (15), com largada prevista para 3h10, pelo horário de Brasília. A corrida terá transmissão para o Brasil através da TV Globo.

Foto: Getty Images


Racing Online

Racing Online

error: Conteúdo protegido!