Responsive Menu
Generic selectors
Exact matches only
Search in title
Search in content
Search in posts
Search in pages

Estratégia funciona, e Dixon vence o GP de Detroit da Indy

Autor: Leonardo Marson


Dixon usou uma estratégia de duas paradas e capitalizou a primeira vitória na temporada. (Foto: IndyCar)

Scott Dixon venceu neste sábado (2) a primeira corrida do Grande Prêmio de Detroit, sétima etapa da temporada da Indy, realizada no circuito montado nas ruas da Ilha Bela. O neozelandês da Chip Ganassi apostou em uma estratégia de economia de combustível ao longo das 70 voltas da prova, se colocou na liderança a partir da volta 35, e conteve os ataques de Ryan Hunter-Reay para vencer pela primeira vez no ano.

A segunda colocação ficou com Hunter-Reay, piloto da Andretti Autosport que optou por uma estratégia de três paradas, contra duas de Dixon, terminando pouco atrás do neozelandês. Alexander Rossi, com outro carro da Andretti, terminou em terceiro depois de conseguir uma arrojada ultrapassagem sobre Marco Andretti na última relargada, relegando o pole position da prova ao quarto lugar.

Takuma Sato, que também se mostrou agressivo ao longo da corrida, terminou em quinto com o carro da Rahal Letterman Lanigan, deixando para trás na última relargada Ed Jones, sexto com a Chip Ganassi. Vencedor das 500 Milhas de Indianápolis no último domingo, Will Power foi o sétimo com a Penske, chegando à frente de Robert Wickens, que perdeu desempenho com a Schmidt Peterson durante a prova. Josef Newgarden, da Penske, e Spencer Pigot, da Carpenter, fecharam o top-10.

Os brasileiros tiveram bons momentos na prova, mas terminaram com resultados discretos. Tony Kanaan chegou a aparecer em sétimo, mas completou a corrida apenas na 13ª colocação, três postos à frente de seu companheiro de equipe Foyt, Matheus Leist, que fechou a prova com a 16ª colocação.

A prova contou com duas entradas do Safety Car. Na primeira, ocorrida na volta 47, Graham Rahal pisou em uma zebra do circuito e acertou o muro de proteção com força. Depois, Charlie Kimball tocou a traseira do carro de Santino Ferrucci, que perdeu o controle e bateu com força contra a barreira de pneus quando restavam 11 voltas para o final da prova.

O Grande Prêmio de Detroit da Indy contará com uma segunda corrida neste domingo (3), a partir das 16h40. Antes, às 11h50, haverá a definição do grid de largada para a prova, que terá transmissão do canal de TV por assinatura Bandsports.

Foto: IndyCar


error: Content is protected !!